Depois de militarizar o campus e privatizar o bandejão, reitoria da UENF agora quer SEPLAG processando inquéritos da UENF

Tomás de Torquemada

Depois de militarizar o policiamento sem a devida discussão e fazer o mesmo com o processo de privatização do bandejão, a reitoria da UENF está circulando uma minuta de manual de sindicância que me parece ter sido escrito por alguém, bem ao gosto das últimas discussões desta lista, do inquisidor espanhol Tomás de Torquemada.

 Estou enviando a minuta em anexo, pois acho que todos deveriam lê-la antes que vire lei. É que entre outras pérolas temos os passos da inquisição (quer dizer sindicância), onde não se fala mais em oitiva, mas em “servidor suspeito” e em “interrogatório”! Só falta de citar a instalação de câmaras de tortura!

 Mas o pior está reservado para a fase do inquérito administrativo que não mais ocorrerá dentro da UENF, mas ficará a cargo da SEPLAG!! O interessante é perguntar aqui é quem ficará responsável pelas idas e vindas dos infelizes servidores e estudantes que forem considerados culpados na sindicância/inquisição. Será que eles terão também pagar pelas idas e vindas ao Rio de Janeiro, como terão de pagar pelas cópias do processo?

 E como fica a autonomia universitária que conquistamos depois de uma dura luta contra o governo do Rio de Janeiro? É que depois de entregar o campus à PM, o bandejão à iniciativa privada, agora a reitoria quer entregar a decisão de inquéritos à SEPLAG!

 Nunca é demais dizer que tudo isto está vindo na esteira de uma greve histórica onde a reitoria da UENF se mostrou tão incompetente para tratar da defesa de nossos interesses quanto submissa ao que dizia, surpresa das surpresas?!, a SEPLAG!

 Para mim não há dúvida sobre a intenção dessa minuta: reprimir e aumentar o nível de punições, mas não necessariamente naquelas áreas e sobre aqueles que realmente merecem passar por processos. A ver!

 Abaixo a minuta que está sendo circulada pela reitoria nos conselho de centro da UENF.

Sindicância 1 Sindicância 2 Sindicância 3 Sindicância 4