Fotógrafo brasileiro denuncia golpe durante recebimento do Prêmio Pulitzer

maurcio

Estou entre os muitos que não defendem o governo da presidente da Dilma Rousseff, mas acreditam que estamos vivendo um processo de golpe de Estado no Btasil neste momento. Esse golpe de Estado se dá por meio de uma confluência de forças, mas que está centrado num acordo dos partidos que tradicionalmente ocupam o poder, e uma figura chave na cassação antidemocrática do mandato de Dilma Rousseff é o famigerado deputado Eduardo Cunha.

Pois bem,  ontem (28/04)  Maurício Lima, primeiro brasileiro a vencer o prêmio Pulitzer de Jornalismo, denunciou que há um golpe em curso no Brasil durante a premiação da Overseas Press Club of America (OPC), numa cerimônia que reuniu os 500 maiores líderes da imprensa mundial.

A ação politizada de Maurício Lima deverá reforçar o rechaço da imprensa internacional ao processo de impeachment, que tenta retirar umaa presidente democraticamente eleita do poder a partir das vias institucionais. Com uma faixa onde se lia “Golpe Nunca Mais” e o uso da marca da Globo, Mauricio quebrou o protocolo e fez uma fala política contra a mídia tupiniquim:

“Gostaria de expressar meu apoio a liberdade de imprensa e a Democracia, que é exatamente o que não está acontecendo no Brasil nesse momento. Sou contra o Golpe” Veja abaixo o vídeo com a totalidade da declaração de Maurício Lima.