As bases da ciência do proletariado: Edipro apresenta nova edição de clássico escrito por Engels sobre socialismo científico

CAPA-Do-Socialismo-Utopico-3e

Friedrich Engels, teórico revolucionário alemão, foi responsável – junto com Karl Marx – pela criação da teoria política, social e econômica chamada socialismo científico, popularmente conhecida como marxismo. Em contraponto a teses socialistas fundamentadas no movimento idealista que o antecederam, Engels é reconhecido por expor argumentos com base na materialidade para superação do modo de produção capitalista.

Originalmente publicado em 1880, o livro Do socialismo utópico ao socialismo científico, escrito por Engels, desenvolve, de forma clara e objetiva, as bases do marxismo, que é visto como “a ciência do proletariado”. A narrativa, uma das mais importantes obras introdutórias ao pensamento socialista, é relançada pelo Grupo Editorial Edipro com apresentação de Edmilson Costa, Doutor em Economia pela Unicamp, com pós-doutorado em Globalização e Capitalismo Contemporâneo pela mesma instituição.

Condensado em três capítulos, o livro aborda a distinção entre o método científico do marxismo e os pensamentos socialistas anteriores. Inicialmente, o autor foca no socialismo utópico e na mudança sobre o jeito de pensar as relações de produção. Já na segunda parte, o teórico dedica-se a refletir sobre a importância da dialética. Por último, Engels evidencia o materialismo histórico, com fundamento econômico e contradições do sistema capitalista.

Mas a vitória da classe operária europeia não depende somente da Inglaterra: só poderá ser obtida pela cooperação, pelo menos da Inglaterra, da França e da Alemanha. Nestes dois últimos países, o movimento operário está bem mais adiantado do que na Inglaterra. Está na Alemanha a uma distância do poder que se pode calcular: seus progressos, desde 25 anos, não têm precedentes; avança com uma rapidez sempre crescente. Se a burguesia alemã se mostrou lamentavelmente desprovida de capacidades políticas, de disciplina, de coragem, de energia e de perseverança, a classe operária alemã deu numerosas provas de todas essas qualidades. (Do socialismo utópico ao socialismo científico, p. 47)

Para além do conteúdo, estes textos de Friedrich Engels são uma resposta aos movimentos divisionistas do socialismo alemão em sua época, em especial as ideias do filósofo Eugène Dühring.

Ficha técnica

Título: Do socialismo utópico ao socialismo científico
Autor: Friedrich Engels
Tradução: Roberto Gold Korn
Editora: Edipro
Edição: 3ª
ISBN: 9786556600956
Páginas:  96
Formato:  14cm x 21cm
Preço: R$ 33,90
Link de venda: Amazon

Sobre o autor

Friedrich Engels (1820-1895), teórico alemão que foi coautor de diversas obras com Karl Marx, sendo que a mais conhecida é o Manifesto do Partido Comunista. Ajudou a publicar, após a morte de Marx, os dois últimos volumes de O Capital. Engels foi um filósofo como poucos: soube analisar a sociedade de forma muito eficiente, influenciando diversos autores marxistas.