BR 247: Cabral cobrou propina no Guanabara, dizem delatores

cabral ag

247 – Virou moda. Depois de Michel Temer ter pedido R$ 10 milhões em doação da Odebrecht para campanha do PMDB de dentro do Palácio do Jaburu, segundo delatores da Lava Jato, o ex-presidente da Andrade Gutierrez Rogério Nora de Só informou nesta terça-feira 7 ao juiz Sergio Moro que o ex-governador do Rio Sérgio Cabral cobrou R$ 2,7 milhões em propina pelas obras do Comperj de dentro do Palácio Guanabara, sede do governo estadual.

Segundo o empreiteiro, na reunião estavam, além dele e de Cabral, outro executivo da Andrade Gutierrez e Wilson Carlos, braço direito e secretário de governo de Sérgio Cabral. “Houve uma reunião no Palácio com o governador e o Wilson Carlos na presença do nosso representante comercial Alberto Quintaes e foi dito que o Wilson Carlos é que coordenaria essa divisão das obras e que sobre essas obras haveria um pagamento de 5% sobre as faturas das obras que as empresas executassem”, relatou o empreiteiro ao juiz.

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/rio247/283837/Cabral-cobrou-propina-do-Comperj-no-Guanabara-dizem-delatores.htm

 

Prisão de Ary Fichinha deve elevar temperatura no Palácio Guanabara

sergio-cabral-e-ary-ferreira-da-costa-filho

A mídia corporativa está noticiando a prisão do agente fazendário Ary Ferreira Costa Filho, também conhecido como Ary Fichinha (Aqui!Aqui! e Aqui!). Como já abordei no dia de hoje, Ary Fichinha é apontado como operador de recursos financeiros obtidos ilegalmente por meio do esquema comandado pelo ex (des) governador Sérgio Cabral.

A porca torce o rabo para o atual (des) governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, pelo simples fato do agente fazendeiro Ary Costa Filho ter ocupado um cargo de assessor especial em seu gabinete até o dia 06 de Dezembro, um dia após a deflagração da operação Calicute que prendeu o grande amigo de Pezão e Ary Fichinha, o sr. Sérgio Cabral.

Agora, resta-nos esperar o que poderá ser revelado nos inevitáveis interrogatórios e numa eventual delação premiada do Sr. Ary Fichinha.

De qualquer forma, me parece quase certo que a temperatura nos gabinetes do Palácio Guanabara deu mais uma elevada no início desta tarde. E não foi por causa da quebra dos aparelhos de ar condicionado que lá sempre funcionam bem, ao contrário do que acontece em hospitais, escolas e demais repartições públicas.

Cavendish é Cabral, e Cabral é Cavendish.Então por que só um está “hospedado” em Bangu 8?

encontro-paris3-original-copy-original

Nos últimos tempos ando tão ocupado que nem tenho tido tempo de falar de uma das maiores contradições que observo na situação política do Rio de Janeiro. Agora, graças ao jornalista Mário Magalhães que abordou de maneira lapidar a situação do ex (des) governador Sérgio Cabral em uma brilhante postagem em seu blog intitulada “Cadê Cabral?” (Aqui!). A partir do texto de Mário Magalhães, sint0-me quase obrigado a falar do descompasso de situações a que estão submetidos Sérgio Cabral e Fernando Cavendish, seu amigo de farras com guardanapo na cabeça em Paris.

É que tendo experimentado os tempos dourados do primeiro mandato de Sérgio Cabral como (des) governador  do Rio de Janeiro com múltiplas idas ao Palácio Guanabara para tentar negociar em nome dos professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), lembro bem do papel de proa que Fernando Cavendish alcançou como proprietário da Delta Construções, muito em parte graças à sua forte amizade que união os dois.

O fato sabido por quase todo mundo no Rio de Janeiro é que a rápida ascensão de Fernando Cavendish (de características quase meteóricas) esteve ligada às obras públicas que caiam em suas mãos em profusão.  Em bom carioquês, essa relação quase simbiótica pode ser sintetizada com um “Cavendish é Cabral, e Cabral Cavendish”.

Se tudo isso é verdade, o que me estranha totalmente é por que só Cavendish acabou preso em Bangu 8. Qual será a força que vem mantendo Sérgio Cabral livre de destino similar, em que pesem as delações e denúncias que vêm se avolumando na mesma velocidade em que Cavendish acumulou obras durante, principalmente, o primeiro mandato do seu amigo (des) governador.

Aparentemente sou menos otimista do que Mário Magalhães sobre a possibilidade de Sérgio Cabral um dia vir ter de responder à justiça sobre todos os imbróglios que seus múltiplos acusadores o tem envolvido. É que tudo indica que sua aparente capacidade de ficar fora dos holofotes não se deve apenas a uma habilidade pessoal. 

Estudantes da UENF preparam ato no Rio de Janeiro em defesa dos 6% para as universidades estaduais

ato 6%

Com mobilização é possível duplicar a verba para a UENF!

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ – aprovou no dia 23 de junho, uma emenda ao orçamento, que duplica a verba para as universidades estaduais do RJ (UENF, UERJ e UENZO). Essa votação só foi possível pelas mobilizações que estão ocorrendo, em especial a greve geral que ocorreu na UENF,

Essa é uma oportunidade histórica para nossa Universidade. Com essa verba é possível garantir um Restaurante Universitário de Qualidade, com três refeições por dia e gratuito; aumentar o valor das bolsas aos estudantes; garantir moradia estudantil; é também possível comprar ar-condicionado, bebedouros e realizar as reformas necessárias por todo o campus.
Além disso, é uma oportunidade para garantir as reivindicações dos docentes e dos técnico-administrativos.

Essa votação foi uma derrota ao maior inimigo da educação no Estado – o governador Pezão. O mesmo governo que atacou a Dedicação Exclusiva da UENF e que diminui ao longo dos anos o orçamento da universidade.

Não podemos confiar nesse governo, por isso, para conquistar essa vitória e duplicar o orçamento da UENF convocamos todos os estudantes para realizar um ato para exigir que o governador aprove a emenda. Temos que mobilizar toda a comunidade acadêmica da UENF para cobrarmos do governador, em frente ao Palácio Laranjeira, a efetivação dessa histórica reivindicação das universidades estaduais.

Saída ônibus gratuito da UENF para o ato no RJ!

Assinem a petição:

https://secure.avaaz.org/po/petition/Governador_do_Estado_do_Rio_de_Janeiro_Luiz_Fernando_Pezao_Aprove_emenda_que_destina_6_do_orcamento_para_as_Universidade/?mYeIgbb

Vamos à Luta , pela universidade pública, gratuita, de qualidade !!!!

FONTE: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=649530821802778&set=a.125190920903440.27138.100002375976430&type=1&theater