Relembrando Eldorado dos Carajá, polícia promove mais um massacre de camponeses no Pará

Lama da Samarco na costa capixaba: mais imagens impressionantes e a possibilidade de que o pior ainda esteja por vir

Abaixo seguem mais imagens verdadeiramente impressionantes da chegada da lama derramada pela Mineradora Samarco (Vale+ BHP Billiton) em Mariana (MG) e chegou hoje à costa do estado do Espírito Santo.  Entretanto, um colega que também é professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e que possui largo conhecimento na área da toxicidade de rejeitos, me enviou o seguinte comentário:

E não contavam (os representantes da Mineradora Samarco, adição minha) com os fortes ventos que contribuíram na retenção da lama por mais tempo e impedindo a dispersão da pluma. Com isso, milhares de peixes agonizando com a diminuição do oxigênio dissolvido na foz do Rio (Doce). O cenário de amanhã será pior ainda, pois a lama (arsênio, ferro, manganês, e etc..) poderá iniciar o impacto maior no mar.”

Em suma, o que está ruim hoje, deverá piorar amanhã!

E seguem abaixo as imagens que mostram a situação no dia de hoje e que eu considero verdadeiramente impressionantes.

redenção 0000 redenção 000 redenção 00

regencia 00000

Chegada da lama da Samarco (Vale + BHP) muda a cor do mar do Espírito Santo

Ao contrário do que alguns “especialistas muy amigos” andaram dizendo, a chegada da lama que escapou da barragem da Mineradora Samarco (Vale+ BHP Billiton) está causando uma impressionante modificação na foz do Rio Doce. Os impactos dessa chegada deverão ser sentidos primeiro pela fauna marinha e depois pelos pescadores de Redenção que retiravam seu sustento do mar. 

Os problemas com essa lama vão desde o impacto físico, mas desconfio que o maior problema será na contaminação por metais pesados que deverá causar impactos duradouros na qualidade da fauna, potencialmente impactando o seu consumo e, deste modo, privando os pescadores de renda mesmo após o desaparecimento da lama das áreas mais próximas da costa. É ingênuo, e provavelmente cínico, quem tenta minimizar os impactos desse derrame de lama na costa capixaba.

Mas como imagens falam mais que mil palavras, posto abaixo imagens da chegada da lama da Mineradora Samarco (Vale + BHP Billiton) no oceano Atlântico e dos primeiros abatidos pelo material “inerte” que saiu de Mariana.

redenção 11

redenção 1 redenção 2 redenção 3
redenção 7 redenção 8 redenção 9 redenção 10