Felipe Neto é aliado, e não inimigo, da democracia

felipe netoGoste-se ou não dele, Felipe Neto é hoje uma das principais vozes contra o autoritarismo no Brasil

Por Luiz Felipe Miguel* em seu perfil oficial no Facebook

Eu não assisti à entrevista do Felipe Neto, nem pretendo. Muito menos assisto a canais do Youtube. Nada contra, mas não está entre meus hábitos.

Mas quando alguém com o público dele fala contra o golpe, contra o fascismo, contra as desigualdades sociais, contra os preconceitos de gênero e contra a desrazão, só posso aplaudir.

Falou besteira no passado? Atire a primeira pedra quem nunca. Vamos exigir um ritual público de expiação dos pecados passados, agora?

Reclamam também de equívocos e simplificações no discurso atual. Bom, ele não é um acadêmico defendendo uma tese. É um youtuber falando para um público de massa, uma grande parte despolitizado, outra parte mal politizado pela propaganda de direita.

Não precisa fechar os olhos para os equívocos, mas também não precisa usá-los para lacrar em cima do rapaz e tentar transformar um aliado importante em adversário.

Além de tudo, ele andou dando umas taquaradas na Astrologia (“inteiramente refutada pela ciência, sob todas as óticas, sob todos os prismas). Não assisto, mas sou fã de carteirinha.

——-

Luis Felipe Miguel é professor de Ciência Política da UNB, e autor de Democracia e resistência: desafios para uma política emancipatória (Boitempo, 2018) e, em conjunto com Flávia Biroli, Feminismo e política: uma introdução (Boitempo, 2014), entre outros. Ambos colaboram com o Blog da Boitempo mensalmente às sextas.

Do Minecraft para a vida real: Felipe Neto avisa que passou o tempo de se “passar pano” para Jair Bolsonaro

xfelipe-neto

Felipe Neto diz em vídeo que acabou o tempo de passar o pano para Jair Bolsonaro.

Por força das minhas relações familiares, acompanho diariamente o que fala e escreve o “Youtuber” e “Digital Influencer” (os chamados “influenciadores digitais“), Felipe Neto.  Ele, que apoiou o impeachment da presidente Dilma Rousseff, vem há algum tempo sendo uma espécie de voz solitária nesse mundo frequentado por milhões de crianças e adolescentes brasileiros contra o governo Bolsonaro.  Por causa disso, acabou sofrendo perseguições da milícia digital que defende o presidente Jair Bolsonaro, tendo enviado sua mãe para fora do Brasil quando ela se tornou alvo de ameaças.

Importante notar que até bem pouco tempo, Felipe Neto se ocupava de produzir seus conteúdos para o canal que possui no Youtube e na página que possui no Twitter. No Youtube ele possui quase 38 milhões de seguidores e no Twitter cerca de 11 milhões. Isso o torna definitivamente um personagem relevante em um mundo que a maioria dos pais e mães não tem muita penetração (o que, convenhamos, é um reflexo dos tempos em que vivemos).

Pois bem, hoje Felipe Neto publicou um vídeo na sua página no Twitter em que se dirige a seus congêneres e artistas em geral que é uma espécie de manifesto contra “o passa pano” para o governo Bolsonaro (ver vídeo abaixo).

Apesar do conteúdo da mensagem ser para e sobre seus pares, Felipe Neto aponta para aspectos que não podem mais ser ignorados por todos aqueles que não querem ver o rompimento de pressupostos básicos da, frágil, democracia brasileira. Como ele mesmo diz, não como se calar mais sobre as ameaças que estão sendo feitas não apenas as instituições do Estado brasileiro, mas sobre a própria liberdade.

Certamente haverá quem desconsidere o que Felipe Neto fala no vídeo por ele ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff. De minha parte, prefiro tê-lo do lado dos que defendem a democracia e o nosso direito de pensarmos de forma diferente sem termos que nos preocupar em sermos punidos ou, pior ainda, eliminados fisicamente por causa disso.

Pode-se dizer que Felipe Neto, ao contrário de muitos de seus pares que se calam, decidiu sair do mundo do “Minecraft” para defender a democracia brasileira  nas telas e fora delas.