Bomba “X” ameaça o Banco do Brasil

O Banco do Brasil está cercado de possibilidades de más notícias, incluindo a possível votação pelo STF de questões relacionadas a diversos planos de estabilização econômica, mas uma delas foi plantada pela “generosidade” do governo Dilma com o ex-bilionário Eike Batista.  É que recentemente o Banco Votorantim foi obrigado a reconhecer uma dívida de R$ 570 milhões da OS(X) junto ao BNDES.

O problema que ninguém quis ressaltar na época da “generosidade” com a OS(X) é que o Banco do Brasil possui 50% do Votorantim e, por causa disso, vai ter uma perda de R$ 224 milhões no quarto trimestre de 2013.  Com isso todas as expectativas de lucros do Banco do Brasil deverão ficar comprometidas,  já que está mais do que claro que a OS(X) não terá como honrar mais essa dívida, dados os robustos prejuízos que a empresa continua tendo.

Em suma, no final para livrar a cara de Eike Batista, quem arca com o problema são os acionistas do Banco do Brasil e a população pagadora de impostos.