Dificuldades financeiras obrigam Uenf a postergar início de aulas para Março

uenf-resiste

Em reunião extraordinária realizada na tarde desta 3a. feira (31/01), o Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) decidiu tomar uma medida altamente responsável e postergou o início do segundo semestre letivo de 2016 para o dia 06 de Março. Neste dia também deverão ser iniciadas as aulas referentes ao primeiro semestre letivo de 2017.

consuni

Essa decisão inédita foi causada pela total falta verbas de custeio que hoje deixam a Uenf sem quaisquer condições de iniciar suas atividades acadêmicas.  Uma comissão especial do CONSUNI foi criada para organizar o esforço inédito que será a realização simultânea de dois semestres letivo, e impedir quaisquer prejuízos aos estudantes da Uenf.

Há que se lembrar que a Uenf não recebe verbas de custeio desde o longínquo mês de Outubro de 2015 e, por causa disso, a instituição esteja hoje desprovida de serviços de segurança e jardinagem, e corre o risco de ficar também sem os de limpeza.

Tudo isso é fruto de uma política deliberada de falência programada que o (des) governo está aplicando às três universidades estaduais do Rio de Janeiro (Uenf, Uerj e Uezo).

Essa decisão, porém, só posterga o problema, e continua sendo essencial que as atividades de resistência que já estão sendo realizadas sejam fortalecidas e apoiadas não apenas pela comunidade universitária da Uenf, mas também pela sociedade fluminense, em especial a população das regiões Norte e Noroeste que são aquelas que mais dependem do bom funcionamento da Universidade do Terceiro Milênio.

Agora é importante que todos se lembrem da responsabilidade do (des) governador Luiz Fernando Pezão na condição para lá de precária em que a Uenf e as suas co-irmãs foram colocadas.

Para participar do processo de defesa da Uenf, um caminho é difundir a existência da comunidade virtual criada na rede social Facebook para divulgar a situação em que a universidade se encontra (Aqui!)

E-mails escancaram o despropósito da reitoria da UENF de retomar aulas no dia 11/06

Após a assembléia dos professores suspender a greve iniciada no dia 12/03, os estudantes da UENF receberam  esta tarde dois e-mails da direção da universidade e estão “exaltando” o conteúdo dos mesmos nas redes sociais. É que segundo uma estudante, primeiro ela recebeu um e-mail informando que as aulas retornariam dia 11, e menos de 1h depois recebeu outro informando os dias de pontos facultativos ( dias 12 , 17 , 18 , 19, 20, 23 e 25 de junho de 2014, e durante todo o dia 04 de julho). Seria cômico, se não fosse trágico!
 
Mas amanhã (10/06), a reunião da Câmara de Graduação, que é colegiado que legisla sobre o calendário acadêmico da UENF, vai se reunir e deverá impedir este contra-senso. A ver!