Ernesto Araújo é desmentido em rede mundial sobre as queimadas da Amazônia

amazon burning

A vergonha que o Brasil passa toda vez que seu ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, abre a boca para proferir algum absurdo lógico. Mas ontem (04/09) o nível de vergonha brasileira (já que o ministro parece ter perdido a capacidade de se envergonhar) atingiu outro patamar durante uma entrevista concedida à rede estadunindense CNN onde Ernesto Araújo estava sendo entrevistado pela âncora Christianne Amanpour e teve a pachorra de afirmar que “a Amazônia não está queimando acima do normal. Tivemos incêndios este ano um pouco mais que no ano passado, mas um pouco abaixo da média nos últimos 20 anos” (ver vídeo abaixo)

O problema para Araújo é que, enquanto ele tentava desmentir o óbvio, a CNN mostrava simultaneamente cenas das queimadas que estão devastando a Amazônia brasileira neste momento. Em outras palavras, a CNN demonstrou, ainda que subliminarmente que o chanceler brasileira estava mentindo para a audiência mundial que a emissora possui.

Depois que ocorrer uma boicote mundial às commodities agrícolas brasileiras por causa da postura anti-ambiental do governo Bolsonaro e de ministros como Ernesto Araújo, ainda vai ter gente que ficará surpresa. 

Mas, convenhamos, com um tipo de ” anti poster boy” como Araújo, como é que se pode esperar qualquer resultado que não seja um bloqueio comercial ao Brasil?