O lucro em vez da proteção climática: a marcha da água para matar a sede de riqueza da Tesla (Elon Musk)

A expansão da “Gigafábrica” é um negócio feito.  A empresa automobilística dos EUA tem permissão para desmatar mais florestas e usar mais águas subterrâneas

tesla

Onde costumava haver verde, agora você pode ver areia, asfalto e carros elétricos:  a “Gigafábrica” da Tesla em Grünheide (março de 2022)

Por Jan Greve para o JungeWelt

A democracia burguesa prova seu valor: a empresa americana de carros elétricos Tesla cria fatos para a construção de sua “gigafábrica” ​​em Grünheide, Brandemburgo, há anos, e os políticos obedientemente fornecem a base legal repetidamente. E também na noite de quinta-feira, uma decisão foi tomada no interesse do capital: o conselho municipal de Grünheide abriu caminho para a Tesla expandir sua unidade de produção perto de Berlim. A comissão aprovou a preparação de um novo plano de desenvolvimento. Em termos concretos, isso significa que o grupo pode comprar uma área de mais de 100 hectares, desmatar a floresta ali e selar a área.

O local anterior cobre cerca de 300 hectares – aparentemente não é grande o suficiente para os planos do chefe da Tesla, Elon Musk. Depois que a produção começou oficialmente em março, cerca de 7.000 pessoas trabalham lá, segundo a empresa, e o número deve subir para 12.000. Em geral, o governo do estado de Brandemburgo, entre outros, repete o argumento de que o acordo da montadora americana tornará a “localização” mais importante. O multibilionário Musk demonstrou recentemente sua veia “social” quando, depois de comprar a rede social Twitter, demitiu metade da força de trabalho e obrigou os que ficaram a cumprirem 80 horas semanais de trabalho. E logo no início da semana, a revista britânica Wired noticiou que em Grünheide muitos funcionários da Tesla estão se demitindo por causa de salários baixos e desiguais. A empresa está lutando para encontrar pessoal adequado e, portanto, não consegue cumprir suas metas de produção para o local.

A decisão esperada para quinta-feira já havia causado críticas antecipadamente. Entre outras coisas, trata-se da “situação precária da água na região”, que “continuará a piorar”, como afirma um comunicado do grupo Water Table (Lençol Freático) é. Você precisa saber: o local da Tesla está parcialmente em uma área de proteção de água potável, e a área ao redor de Grünheide é uma das regiões mais secas da Alemanha. Com cerca de 1,4 milhão de metros cúbicos de água, que foi apontado como o pico anual de consumo nos documentos de aprovação da primeira fase de expansão, a usina consumiria o equivalente a uma cidade de 40 mil habitantes. Com a aprovação do conselho municipal, Tesla vai “usar o bem comum da água sem restrições”. Desta forma, “a porta e o portão também serão abertos para outros investidores” para privatizar a água. Por último, mas não menos importante, a qualidade da água potável irá deteriorar-se devido à contaminação esperada como resultado da perfuração profunda.

“Tudo é nivelado aqui para o lucro”, Manu Hoyer, ativa na iniciativa dos cidadãos de Grünheide e presidente da associação para a natureza e a paisagem em Brandemburgo, resumiu a situação na sexta-feira para o JungeWelt. Com a decisão, o conselho municipal “estendeu o enésimo tapete vermelho” para o grupo norte-americano. A floresta ameaçada pelo desmatamento tem décadas, as árvores são importantes para o combate às mudanças climáticas. Hoyer descreveu o fato de a Tesla estar reflorestando em outro lugar como parte de uma campanha de relações públicas como uma “grande mentira”. A maioria das árvores não cresce devido às secas regulares e, de qualquer maneira, não seriam capazes de fazer tanto quanto a floresta existente em termos de redução de CO2. Se o fim das más notícias foi alcançado com os planos atuais? Hoyer não está muito esperançosa: “Este é apenas o começo.”


color compass

Este texto escrito originalmente escrito em alemão foi publicado pelo jornal “JungeWelt” [Aqui!].

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s