Sem saber, brasileiros estão comendo frangos que foram recusados na Europa por causa de contaminação por Salmonela

salmonela

Frangos brasileiros contaminados por bactéria salmonela devolvidos por países da União Europeia estão sendo vendidos em supermercados brasileiros

Em meio aos imensos problemas que vivemos no Brasil, uma notícia passou basicamente sem ter a devida repercussão, apesar das graves consequências que a mesma traz para a vida dos brasileiros.  Falo da informação de que pelo menos 1,4 mil toneladas de frango que foram recusadas pelo Reino Unido por estarem contaminadas pela bacteria Salmonela poderão ser vendidas no Brasil.

frango salmonela

Precisamos lembrar que uma das primeiras propostas apresentadas publicamente pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM/MS) foi entregar o processo de fiscalização aos próprios frigorificos, tornando a fiscalização federal apenas uma espécie de apêndice da autofiscalização que as corporações que controlam a produção de carne animal e de laticínios no Brasil realizariam. 

É como se não bastasse que os brasileiros hoje estejam ingerindo resíduos agrotóxicos via o consumo de alimentos e água de torneira. Há que se acrescentar aí o fornecimento de carne animal que outros países estão recusando por estarem com níveis excessivos de contaminação biológica.

Note-se ainda que o fornecimento de alimentos contaminados que podem servir para a ocorrência de doenças que se manifestam de forma aguda ou crônica ocorre em um momento em que ocorre um desmonte do Estado, o que começa a deixar parcelas inteiras da população sem acesso a serviços públicos de saúde.

Este cenário dantesco só será evitado se houver um esforço para conscientizar e organizar as parcelas da população brasileira que terão mais problemas com o desmanche das estruturas de fiscalização sanitária.  Em outras palavras, ou nos organizamos ou estaremos destinados a consumir a comida que outros povos não aceitarão.