Plataforma Videocamp e Deusdará Filmes disponibilizam o documentário “Descarte” no dia 11 de março

Com criação e direção de Leonardo Brant, filme aborda a reciclagem por meio da reutilização de recursos em forma de design, inovação e arte

unnamed (8)

Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento do Governo Federal (SNIS), em 2019, foram coletados 65,11 milhões de toneladas de resíduos no Brasil, sendo que somente 1,6% de resíduos recicláveis secos foram recuperados. Para mostrar que existem ações que podem fazer a diferença, transformando muitos dos recursos descartados em obras de arte, o Videocamp, em parceria com a Deusdará Filmes, disponibiliza, a partir do dia 11 de março, o documentário ” Descarte ” para ser assistido como, onde e quando quiser, durante os próximos três meses.

Criado e dirigido por Leonardo Brant, “Descarte” retrata histórias inspiradoras de artistas, designer e artesãos, de diferentes partes do país, que transformam materiais recicláveis com inovação e sensibilidade. O filme tem como pano de fundo o drama social do lixo no Brasil e traz ao centro da discussão os 10 anos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei 12.305/10), que organiza a forma com que o Brasil lida com o lixo, exigindo dos setores públicos e privados transparência no gerenciamento de seus resíduos.

O documentário, que é baseado em histórias reais, é uma forma de conscientizar o público sobre a cultura da reciclagem, através de uma narrativa didática, retratando novas possibilidades de destino para tudo o que é consumido. Por meio de entrevistas com especialistas, ativistas e gestores de resíduos, o diretor busca refletir sobre a relação do lixo com as cidades, os lixões e os catadores.

“Como a Deusdará Filmes é uma produtora de documentários de impacto, o Videocamp é um parceiro fundamental para atingirmos os nossos objetivos, levando conteúdos inovadores a um público engajado, que luta por melhores condições de vida para as pessoas e o planeta. Nosso objetivo é pautar a questão dos resíduos sólidos a partir da ação de pessoas inspiradoras, ao mesmo tempo em que apresentamos a complexidade do assunto de maneira acessível”, conta Leonardo Brant, diretor associado da Deusdará Filmes.

No site do filme é possível encontrar conteúdos e ações gerados durante as filmagens, como uma temporada de um podcast para falar da pesquisa e do processo criativo do filme, debates virtuais com convidados e textos temáticos sobre os temas do documentário editados pelo jornalista Sérgio Rizzo. O filme está disponível no catálogo do Videocamp e na seção ” Assista Agora “, para assistir não é necessário o agendamento prévio, basta se cadastrar na plataforma.

Sobre o Videocamp

O Videocamp é uma plataforma online que reúne filmes com potencial de impacto que podem ser exibidos por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo e de forma gratuita. A missão do Videocamp é criar caminhos para democratizar o acesso à cultura e à informação, que são direitos universais. Para os realizadores, a plataforma potencializa a formação de público e atua como ferramenta de promoção dentro da estratégia de lançamento do filme.

“Volta Grande”, filme que narra a luta dos ribeirinhos expulsos por Belo Monte, no Pará, tem estreia global no Videocamp

A partir de 24/11, plataforma disponibiliza o curta-metragem que aborda um processo inédito na história da construção de hidrelétricas na Amazônia: a garantia do direito de retorno dos ribeirinhos para a beira do rio

vr

Cinco anos após o recebimento da licença para a operação da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, o reassentamento das famílias que foram removidas da beira do Rio Xingu ainda não foi realizado. Com o intuito de propor reflexão sobre o tema e ressaltar a luta dos ribeirinhos para que tenham os seus direitos respeitados, principalmente, na reconstituição de seu modo de vida, a plataforma Videocamp estreia, globalmente, o curta-metragem “ Volta Grande “, que pode ser assistido como, onde e quando o usuário da plataforma desejar, a partir do dia 24 de novembro.

Com produção do Conselho Ribeirinho e Rede Xingu+, e direção de Fábio Nascimento, o filme conta a história da violenta remoção de 300 famílias ribeirinhas para a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, até sua organização e a conquista do direito ao retorno para as margens do rio Xingu. O curta também narra o processo inédito na história da construção de hidrelétricas na Amazônia: o retorno dos ribeirinhos para a beira do rio, na área do reservatório principal da usina. E para que o assunto não fique só nas telas, no dia 26 de novembro, às 18h, haverá um debate online sobre o filme no canal do Youtube do Instituto Socioambiental.

“Estamos muito felizes com o lançamento global do filme ‘Volta Grande’ em nossa plataforma, sobretudo porque ele aborda uma questão tão urgente que é o reassentamento dos ribeirinhos e a garantia da recomposição do modo de vida deles, por meio de seus direitos territoriais. Para gente é uma alegria e um compromisso apoiar produções nesse momento desafiador, em que o não estar juntos fisicamente não deve ser um impedimento para que a gente acesse a potência de histórias como essa e promova debates urgentes”, ressalta Josi Campos, coordenadora do Videocamp.

“A trajetória do Conselho Ribeirinho é um exemplo para as demais populações impactadas por grandes obras de infraestrutura que enfrentam violações aos direitos e o apagamento de suas identidades e modos de viver. É importante que essa história seja conhecida e vista pelo maior número de pessoas”, diz Ana De Francesco, antropóloga que faz parte do grupo de apoio ao Conselho Ribeirinho.

Sobre o Videocamp

O Videocamp é uma plataforma online que reúne filmes com potencial de impacto que podem ser exibidos por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo e de forma gratuita. A missão do Videocamp é criar caminhos para democratizar o acesso à cultura e à informação, que são direitos universais. Para os realizadores, a plataforma potencializa a formação de público e atua como ferramenta de promoção dentro da estratégia de lançamento do filme.

Relacionamento com a imprensa
 
2PRÓ Comunicação, alana@2pro.com.br
 
Belisa Barga / Elisabete Machado / Juliana Oliveira / Myrian Vallone

Videocamp disponibiliza a programação virtual da 10ª edição do Festival Rocky Spirit GOfit

De 21 a 30 de agosto, plataforma recebe 35 filmes nacionais e internacionais com temáticas relacionadas à vida ao ar livre, esporte e meio ambiente

unnamed (17)

Com o intuito de incentivar o público a se conectar com narrativas que trazem a vida ao ar livre com principal temática, o Videocamp recebe, entre os dias 21 a 30 de agosto, a 10ª Edição do Festival Rocky Spirit GOfit, com 35 filmes inéditos, nacionais e internacionais, com temáticas relacionadas a meio ambiente e aventura. A programação virtual traz uma seleção de obras que apresentam paisagens belíssimas, personagens inspiradores e histórias fascinantes. Para assistir, basta se cadastrar na plataforma e assim, no momento da sessão, será necessário apenas fazer o login.

O festival ficará disponível na página “ Mostras” dentro da plataforma Videocamp, ambiente digital que permite exibir online, durante este momento de distanciamento social, eventos realizados por parceiros e que, até então, aconteciam majoritariamente de forma presencial. Essa ação dá continuidade ao compromisso da plataforma com o bem-estar da população diante do enfrentamento do avanço da Covid-19, bem como com a democratização de acesso à cultura e informação.

A programação, que aborda questões relacionadas à vida ao ar livre, esporte e meio ambiente, reúne filmes como: “From Kurils With Love“, uma expedição a um remoto arquipélago de ilhas vulcânicas; “The Armstrongs“, a história de uma família nada convencional conectada à natureza e ao mar; “Freedom to Roam”, que apresenta uma das mais importantes aventureiras expedicionárias da atualidade; “Unnur“, um fotógrafo que tem a missão de ensinar a sua pequena filha a seguir um caminho diferente do que a sociedade impõe; e “United States of Joe’s”, a história de uma comunidade tradicionalmente mórmon no interior dos Estados Unidos “invadida” por escaladores.

Todo ano, o Rocky Spirit anuncia os melhores filmes da edição por meio de duas votações “Escolha do Público” e a “Escolha do Júri”. A primeira será de forma virtual, cada email cadastrado poderá dar uma nota por filme. Já a segunda será feita através de um painel formado por um corpo de júri composto por fotógrafos, cineastas, jornalistas, criativos e aventureiros. Esse ano, excepcionalmente, haverá também uma premiação especial de filmes de maior impacto, que levará o nome de “Prêmio Videocamp”.

“Vínhamos planejando um festival especial para esta edição de 10 anos de Rocky Spirit, mas nunca imaginamos que seria tão diferente! A pandemia nos fez repensar nosso formato e trouxe novas possibilidades, como o festival virtual. Estamos muito felizes com a possibilidade de pessoas no Brasil inteiro terem acesso aos nossos filmes, é algo com que sempre sonhamos. Queremos inspirar as pessoas a buscarem uma vida mais verdadeira e conectada com a natureza, e acho que mais do que nunca o público está atento e buscando esse tipo de mensagem”, ressalta Andrea Estevam, diretora do festival.

Sobre o Videocamp

O Videocamp é uma plataforma online que reúne filmes com potencial de impacto que podem ser exibidos por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo e de forma gratuita. A missão do Videocamp é criar caminhos para democratizar o acesso à cultura e à informação, que são direitos universais. Para os realizadores, a plataforma potencializa a formação de público e atua como ferramenta de promoção dentro da estratégia de lançamento do filme.

Sobre Rocky Spirit

Rocky Spirit GOfit apresenta os melhores documentários produzidos recentemente sobre vida ao ar livre, esportes e meio ambiente. Tudo o que faz parte desse universo e que desafia nossa maneira de ver o mundo tem espaço no festival. O propósito é inspirar o público a buscar uma vida mais verdadeira e conectada com a natureza.