O Coronel reformado e o bebê: entre a maldade e a impunidade

pedofilia

Não me considero uma pessoa ingênua e sei que o mundo está cheio de pessoas com deformidades morais e éticas graves. Agora, o caso envolvendo o coronel reformado Pedro Chavarry Duarte que foi preso sob a alegação de que estaria molestando sexualmente uma menina de dois anos de idade (Aqui!) transcende a minha compreensão de quão maldoso o mundo pode ser.

É que se a pedofilia já é algo a ser observado com extremo rigor, o que dizer quando o caso envolve uma criança pobre e com tão pouca idade? Para mim faltam palavras para definir de forma cordata o que penso desse caso.

Mas pior ainda é ler que o coronel Pedro Chavarry já possui um histórico de envolvimento com crianças que chega até a acusação de tráfico e que, por causa disso, já foi alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro na década de 1990 (Aqui!).

Assim, como explicar como uma pessoa com este tipo de comportamento estivesse não apenas ileso em termos criminais, mas como também fosse desde 2010 o presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Rio de Janeiro? 

Para mim apenas uma cadeia de omissões justifica que alguém acusado de forma repetida por este tipo de crime pudesse ainda estar numa condição de comando dentro de uma entidade que cuida das vidas de milhares de policiais.

Aliás, há que se notar que os malfeitos do coronel Pedro Chavarry podem ter chegado finalmente ao fim porque dois policiais militares resolveram cumprir o seu papel e não aceitaram ser pressionados ou subornados. A esses dois policiais, o que se espera é o devido reconhecimento da sociedade. Já ao coronel Pedro Chavarry, que se cumpra com ele o que determina a justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s