Democratas definem projeto para zerar emissões dos EUA até 2050

Pesquisas de opinião sinalizam amplo apoio popular a políticas ambientais ambiciosas

Power Sector Transformation

O Partido Democrata dos EUA divulgou hoje (30/06) um plano de como o Congresso poderia colocar o país no caminho das emissões líquidas zero até 2050 . O relatório do Comitê Seleto da Câmara para a Crise Climática recomenda um conjunto de políticas climáticas ambiciosas. Ao mesmo tempo, uma nova pesquisa de opinião mostra que os americanos apoiam a busca por uma economia 100% limpa até 2050 e acreditam que isso terá impacto positivo no emprego e no crescimento econômico.

climate report

O Plano de Ação para Crise Climática, como foi batizado, inclui recomendações de políticas como:

  • Promulgação de um padrão de energia limpa para atingir emissões líquidas zero no setor de eletricidade até 2040;
  • Alcançar 100% de vendas de carros com emissões zero até 2035 e caminhões pesados ​​até 2040;
  • Tornar todas as novas construções residenciais e comerciais livres de emissões até 2030;
  • Precificar o carbono;
  • Investir em agricultura inteligente em termos climáticos, em pesquisas para remoção de carbono e em inovação para armazenamento de energia;
  • Colocar a justiça ambiental no centro da política federal de clima e meio ambiente.

Uma modelagem feita pela Energy Innovation conclui que a implementação dessas recomendações reduziria as emissões líquidas de gases de efeito estufa dos EUA em pelo menos 39% abaixo dos níveis de 2010 em 2030 e 88% abaixo dos níveis de 2010 em 2050 – incluindo a retirada de carbono para atingir zero emissões líquidas até 2050.

Se 2005 for usado como ano base (como está na Intended Nationally Determined Contributions — INDC — dos EUA), a Energy Innovation indica que essas políticas reduziriam as emissões líquidas nos EUA em 40% abaixo dos níveis de 2005 até 2030 e 86% abaixo dos níveis de 2005 até 2050. É importante observar que esta agenda legislativa não representa reduções adicionais de emissões que poderiam ser alcançadas com a ação presidencial executiva em um próximo governo ou ação subnacional dos EUA, que dá sinais de rápido crescimento

Apoio popular

Pesquisas de opinião divulgadas em 26 de junho mostram que, de maneira geral, os eleitores americanos apoiam a construção de um futuro de energia limpa. A pesquisa do Climate Nexus, do Programa de Comunicação sobre Mudanças Climáticas de Yale e do Centro de Comunicação sobre Mudanças Climáticas da Universidade George Mason mostra que:

  • 71% dos americanos apoiam alcançar uma economia 100% limpa até 2050;
  • Os eleitores acreditam que essa transição terá um impacto positivo no emprego e no crescimento econômico;
  • Aproximadamente dois terços dos eleitores apoiam a proteção das comunidades de cor dos impactos climáticos (67%), um imposto sobre o carbono (65%) e exigem que os serviços públicos gerem 100% de eletricidade a partir de fontes limpas até 2040 (65%);
  • Quase três quartos (73%) apoiam padrões mais elevados de eficiência de combustível para carros e caminhões;
  • Eleitores apoiam o financiamento de energia limpa sobre combustíveis fósseis em respostas a estímulos pandêmicos;
  • Candidatos democratas têm vantagem nas disputas do Congresso e da Presidência em novembro.

O Dr. Anthony Leiserowitz, diretor do Programa de Comunicação sobre Mudanças Climáticas de Yale, destaca que:

“Os americanos preferem que o financiamento de estímulo vá para a indústria de energia renovável, em vez da indústria de combustíveis fósseis. No geral, os eleitores apoiam o uso da recuperação para combater as mudanças climáticas e construir um futuro de energia limpa”.

O Dr. Edward Maibach, diretor do Centro de Comunicação sobre Mudanças Climáticas da Universidade George Mason, ressalta que:

“O público está ansioso para ver seus representantes eleitos agirem contra as mudanças climáticas. Políticas específicas e agressivas para reduzir a poluição e proteger contra impactos climáticos têm amplo apoio”.

Apesar dos esforços de Trump para interromper a ação climática e “trazer de volta o carvão”, a preocupação pública com as mudanças climáticas e o setor de energia limpa continuam crescendo. Em 2019, respondendo à crescente preocupação do público com as mudanças climáticas , a Câmara dos Deputados criou um comitê para entregar recomendações ambiciosas de políticas climáticas ao Congresso. Líderes de cidades, estados, negócios e tecnologia fizeram progressos significativos nos últimos quatro anos para implementar políticas climáticas em menor escala e viabilizar uma economia de energia limpa.

Em 2019, o consumo de energia dos EUA a partir de fontes renováveis ​​ultrapassou o consumo de carvão pela primeira vez em 130 anos. Nos últimos cinco anos, o emprego no setor de energia limpa cresceu 70% mais rápido que a economia em geral. E as energias eólica e solar são agora tão acessíveis que os EUA podem escalar até 90% da geração de eletricidade renovável até 2035 sem nenhum custo adicional.

Informações adicionais sobre a pesquisa

72% dos eleitores dizem que é importante que o Congresso lide com as mudanças climáticas, incluindo 44% que acreditam que é muito importante que o Congresso faça isso. 71% dos eleitores apoiam a legislação para alcançar uma economia 100% limpa, eliminando as emissões de combustíveis fósseis dos setores de transporte, eletricidade, edifícios, indústria e agricultura nos Estados Unidos até 2050. Os eleitores acreditam essa transição terá um impacto positivo (58%) e não negativo (26%) no emprego e no crescimento econômico.

Existe amplo apoio para uma variedade de investimentos em transporte limpo, incluindo veículos elétricos e expansão do acesso ao transporte. Quase três quartos (73%) apoiam a definição de padrões mais fortes de eficiência de combustível para carros, caminhões e SUVs, quase o mesmo percentual de quem apoia o investimento federal para expandir o transporte público (72%) e substituir os ônibus movidos a gás e diesel por ônibus elétricos (69%). Ao americanos apoiam o investimento federal para construir infraestrutura de cobrança de veículos elétricos (65%) e investir na fabricação de veículos elétricas e de peças (62%).

Os eleitores também são fortemente a favor do investimento público para modernizar a rede elétrica e incentivar a eficiência energética do consumidor. Mais de três quartos apoiam o financiamento federal para atualizar a rede elétrica e expandir a produção de energia renovável (78%), ajudar os governos estaduais e locais a melhorar a eficiência energética de edifícios novos e existentes (78%) e instalar painéis solares para reduzir contas de luz em comunidades de baixa renda (77%). Há também um forte apoio a créditos tributários e outros incentivos para os indivíduos melhorarem a eficiência energética de suas casas (84%); para que proprietários e empresas comprem aparelhos que não usam combustíveis fósseis (74%); e para as empresas produzam sistemas de armazenamento de baterias para energia renovável (73%).

Quase três quartos (73%) apoiam o aumento do financiamento federal para proteger comunidades vulneráveis ​​de baixa renda e comunidades de cor contra perigos ambientais imediatos e condições climáticas extremas. E cerca de dois terços (66%) apoiam a criação de um Banco Nacional do Clima para financiar projetos do setor público e privado para reduzir a poluição de carbono e preparar as comunidades para resistir aos efeitos das mudanças climáticas.

Alguns meses antes das eleições gerais de novembro, os candidatos democratas têm vantagem nas disputas do Congresso e da Presidência. Quase metade (48%) dos eleitores dizem que se a eleição para o Congresso em seu distrito fosse realizada hoje, eles votariam no partido Democrata, enquanto 42% votariam no Republicano e 11% votariam em nenhum candidato ou em outro candidato. E quando perguntados como votariam se a eleição para presidente fosse realizada hoje, Joe Biden (48%) desfruta de uma vantagem de sete pontos sobre Donald Trump (41%).

OUTRAS INFORMAÇÕES

O press release oficial sobre o plano pode ser encontrado aqui .

O relatório completo da pesquisa está aqui .

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s