Execução orçamentária: números desmentem o (des) governo Pezão/Dornelles

Os dados abaixo foram compilados pelo professor do Laboratório de Engenharia de Produção da Uenf, Alcimar Chagas Ribeiro, em seu blog “Economia Norte Fluminense” (Aqui!), com dados disponibilizados pelo Portal Transparência mantido pela Secretária Estadual de Fazenda do Rio de Janeiro.

E. mais uma vez, os números que aparecem simplesmente não explicam todo o caos que foi criado na vida de centenas de milhares de servidores sob a desculpa de que o tesouro fluminense não possui recursos para honrar os salários até o quinto dia útil de cada mês.

Há definitivamente algo de podre no reino da Cabralândia!

Execução Orçamentária no estado do Rio de Janeiro

Números da execução orçamentária do estado do Rio de Janeiro, divulgados no Portal Transparência.

Total do Estado (executivo, legislativo, judiciário e Ministério Público)

Ano                      Rec realizadas           Desp liquidadas          Resultado (R – D)

2015           61.654.165.716,82        65.631.364.714,60    déficit 6,06%

2016 (jan-mar) 12.302.667.761,63  11.877.108.533,60 superávit  3,58%

Executivo

Ano                      Rec realizadas           Desp liquidadas                Resultado

2015           60.065.812.990,68   58.739.032.440,57    superávit   2,26%

2016 (j-m)  11.881.769.323,21   10.403.694.308,83  superávit  14,21%

O relatório da execução orçamentária do Estado do Rio de Janeiro, publicado no portal da transparência, mostra uma situação bem diferente da falência financeira difundida pelo Governador e seus secretários. Conforme os números acima, a execução orçamentária no conjunto do estado foi deficitária em 6,06% em 2015 e no executivo foi superavitária em 2,26%

Já em 2016 (janeiro a março), a execução foi superavitária em 3,58% no conjunto do estado e superavitária em 14,121% no executivo, considerando o mesmo período.

Os números desmentem o governo!

FONTE:http://economianortefluminense.blogspot.com.br/2016/04/execucao-orcamentaria-no-estado-do-rio.html

2 comentários sobre “Execução orçamentária: números desmentem o (des) governo Pezão/Dornelles

  1. Faltou considerar as despesas empenhadas e não liquidadas.Isto é fundamental para perfeita avaliação da ituação real do Estado. Há necessidade também de uma análise em contas a pagar de 2015.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s