O que o editorial de “O Globo” esqueceu de mencionar: as universidades chilenas serão completamente gratuitas até 2020!

Comentei ontem o grotesco editorial do jornal O Globo que defendeu o inicio da cobrança nas universidades públicas brasileiras (Aqui!). A reação da maioria dos leitores foi de repudiar o editorial, mas houve gente que se alinhou à proposta sob o argumento de que isto encerraria uma espécie de “socialismo para os ricos”, já que a maioria que frequenta as universidades públicas seriam capazes de pagar por isso.

Afora o fato de que o editorial citou como exemplo de base empírica para o argumento a Universidade de São Paulo (USP), o que limita o alcance da efetividade do argumento, lembrei que países como a Alemanha possuem universidades públicas totalmente gratuitas, e não são nem de perto socialistas.

Mas eu não precisaria sair da América do Sul para ver um exemplo totalmente oposto ao que propõe a família Marinho para a educação superior brasileira. É que no final de 2015 o Chile, usina principal do Neoliberalismo no nosso continente, iniciou um processo de implantar a gratuidade total nas universidades públicas, o que deverá ser completado até 2020 (ver abaixo reprodução de matéria publicada pela Revista Exame em Dezembro de 2015) (Aqui!).

chile

Obviamente essa postura do Chile não ocorrreu no vácuo, já que nas últimas décadas a juventude chilena foi constantemente às ruas para exigir a gratuidade do ensino superior. Mas a adoção da gratuidade reflete uma mudança substancial da postura que imperou após a chegada da ditadura militar liderada por Augusto Pinochet e que prevaleu durante vários governos civis, inclusive sob Michelle Bachelet.

Assim, ao contrário do que propõe as Organizações Globo, a injustiça social no ensino público gratuito não será corrigida com o seu fim, mas com a sua ampliação. E a ampliação das vagas gratuitas no ensino superior são a principal garantia de que não permaneceremos eternamente presos a uma dependência científica e tecnológica que apenas eterniza nossa dependência econômica.  Simples assim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s