PEC 241 ao ritmo do “Brasil, ame-o ou deixe-o”. O problema é que os mais prejudicados não terão a segunda opção

A tentativa do governo “de facto” de Michel Temer de impor uma regressão sem precedentes nos serviços públicos está sendo turbinada com uma campanha de propaganda que lembra bem os tempos do regime militar onde se amava ou se deixava o Brasil, de pé ou na horizontal  (ver imagem abaixo).

ameo

O problema é que quando a vaca da recessão profunda jogar o Brasil num verdadeiro caos social (e isso acontecerá apesar da propaganda), os mais prejudicados por essa tunga nos direitos sociais  que são os mais pobres não terão a opção de deixar o Brasil. 

Já os filhos das classes mais abastadas não só poderão deixar o Brasil, mas levarão consigo os bilhões que estão sendo retirados dos serviços públicos essenciais após a implementação da PEC 241 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s