PEC 55: e a burguesia nacional declarou guerra ao povo…

captura-de-tela-2016-12-13-axxs-22-18-38

A aprovação da chamada PEC 55 que congela gastos públicos com saúde e educação, mas quem mantém intacto o orçamento destinado a bancar a festa dos grandes bancos nacionais e internacionais não passa de uma declaração aberta de guerra ao povo brasileiro, especialmente aos seus segmentos mais pobres.

Essa declaração foi feita por um presidente que chegou de forma indireta ao poder e por um congresso com um número significativo de membros que estão enrolados em múltiplas denúncias e indiciamentos de crimes dos tipos mais variados, mas que não incluem o roubo de galinhas, por exemplo.

Por outro lado, a velocidade com que está se aprovando essa declaração de guerra travestida de medida fiscal de austeridade seletiva reflete a fraqueza do presidente “de facto” Michel Temer e do congresso de vassalos da banca. Todos eles sabem que só debaixo da proteção de uma verdadeira guerra midiática que tais medidas estão passando sem grande conturbação social. É que a imensa maioria das pessoas continua sua vida de forma corriqueira por ainda não ter entendido o tamanho do golpe que está sendo desferido contra suas vidas e dos seus descendentes. Afinal, o que a burguesia nacional está propondo são duas décadas de sucateamento profundo de escolas e hospitais cuja qualidade já é bastante criticada pela maioria dos seus usuários.

Tenho visto um bom número de intelectuais e ativistas políticos entoando um canto de desesperança frente a essa declaração de guerra. É como se estivéssemos diante de um apocalipse social para o qual não há solução possível senão queimar no inferno que Michel Temer et caterva estão engendrando para os brasileiros que vivem fora das condições especialíssimas que 1% da nossa população vive.

Eu pessoalmente já acho que qualquer previsão da durabilidade dos efeitos da PEC 55 é prematura neste momento, tamanha é a fragilidade do governo Temer e da sua base social. Eles podem ter a polícia para reprimir manifestações enquanto as consequências do que estão fazendo não estiverem visíveis, mas esse aparato não será suficiente para conter as reações que virão quando isto acontecer.

A verdade é que a burguesia nacional, formada por segmentos que se locupletam de nossas riquezas desde 1500, não tem ainda ideia do que está dando início no Brasil. É que por mais despolitizado ou desorganizado que o nosso povo seja haverá uma hora em que confrontado com a incúria com que está sendo tratado ele dará a resposta devida. 

2 pensamentos sobre “PEC 55: e a burguesia nacional declarou guerra ao povo…

  1. Clareth Reis disse:

    Parabéns, pela bela análise.
    É isto que esse governo está suscitando…
    Abraços
    Clareth

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s