Enfim está explicando o riso de Júlio Lopes no dia do descarrilamento de 2014

cabral-lopes

Nesta imagem de 19.05.2008, Júlio Lopes acompanha Sérgio Cabral em um passeio de bicicleta pela cidade de Paris. De lá, Sérgio Cabral anunciou  o lançamento de um programa de bicicletas públicas ligando pontos das cidades fluminenses.

No dia 22 de Janeiro de 2014 os passageiros que faziam uso do serviço ferroviário de transporte público na região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro enfrentaram um dia de caos por causa de um descarrilamento na estação de São Cristovão (Aqui!).

Naquele dia, o então secretário estadual de Transportes e deputado federal Júlio Lopes (PP/RJ) foi hostilizado pela população pelas péssimas condições de serviços oferecidos pela SuperVia, uma empresa do grupo Odebrecht. Mas nem isso impediu que Júlio Lopes fosse flagrado rindo sobre os trilhos na companhia do presidente da SuperVia,  Carlos José Cunha  e Arthur Vieira Bastos, conselheiro da Agetransp, agência reguladora responsável por fiscalizar a SuperVia. (ver imagem abaixo).

julio-lopes-1

Indagado sobre o motivo de estar rindo num dia marcado pelo caos de uma empresa concessionária de serviços que deveria estar sendo fiscalizada pela secretária que comandava, Júlio Lopes atribuiu o fato inusitado de rir em meio à desgraça a uma exposição excessiva à radiação solar  (Aqui!).

Não é que hoje o jornalista Lauro Jardim nos informa em sua coluna no jornal O GLOBO que o mesmo Carlos José Cunha, agora operador como delator no âmbito da operação Lava Jato revelou que Júlio Lopes matinha relações pouco republicanas  com a mesmíssima Odebrecht (Aqui!).

julio-lopes-2

 

Ainda que esse padrão de envolvimento de membros com o (des) governo Cabral com as práticas de distribuição de propinas pela Odebrecht já não seja nenhuma novidade, a descoberta da possível causa do riso de Júlio Bueno num dia de intenso sofrimento dos usuários da SuperVia ganha relevos escandalosos.

Mas é mais uma daquelas situações onde as elites políticas riem em meio à desgraça em que ajudam a colocar a população que depende de serviços públicos privatizados.

Resta saber agora se as denúncias de Carlos José Lopes vão levar Júlio Lopes ao mesmo destino que acabou engolindo o ex (des) governador Sérgio Cabral, seu parceiro de passeios ciclísticos por Paris.

3 pensamentos sobre “Enfim está explicando o riso de Júlio Lopes no dia do descarrilamento de 2014

  1. […] via Enfim está explicando o riso de Júlio Lopes no dia do descarrilamento de 2014 — Blog do Pedlowsk… […]

  2. Luiz Otávio disse:

    A Supervia comprou 130 trens chineses!! Deve ter dado uma excelente propina!!!

    • Luiz, só uma correção: quem comprou os trens chineses foi o governo do Rio de Janeiro que os repassou para a Supervia usar, e cobrar os preços “camaradas” que cobra da população do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s