Querem escravizar os trabalhadores rurais, isso é fato!

Acabei de ler um artigo escrito pela jornalista Raquel Landim para o jornal Folha de São Paulo, onde ela faz um verdadeiro exercício de malabarismo para explicar sua posição dúbia acerca das contra-reformas trabalhistas que estão sendo operadas a passo acelerado pelo governo “de facto” de Michel Temer e seus cúmplices (isso mesmo, cúmplices) no Congresso Nacional (Aqui!).

Confesso que não consigo me surpreender com o tom meia boca da análise que Landim faz, pois trabalhando num veículo da mídia corporativa que faz defesa aberta da profunda regressão que está sendo operada contra os trabalhadores brasileiros, seria pedir demais que ela arriscasse o seu emprego para ir mais fundo na crítica.

Mas a principal discrepância que vejo não está no interior do artigo, mas entre o seu teor e o seu título que me parece perfeito: Querem escravizar os trabalhadores rurais.  Afinal é disso que se trata o projeto de lei proposto pelo deputado tucano Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da bancada ruralista (Aqui!).

Entretanto, eu ouso dizer que o processo de reescravização também está presente no projeto recentemente aprovado pela Câmara de Deputados para os trabalhadores urbanos.  O que Nilson Leitão está tentando fazer é apenas ampliar o alcance dos retrocessos. E isto ele mesmo já admitiu em entrevista, ainda que não com todas as letras.

Lamentavelmente, presa na lógica corporativa do veículo para o qual trabalha, Raquel Landim não pode, ou não quer, ir mais fundo na sua crítica. Mas uma coisa é certa, o título do artigo dela é muito bom por ir ao cerne da questão. Este tanto eu tenho que reconhecer!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s