Deutche Welle mostra vida de pobreza dos trabalhadores na Rússia pós-comunismo

nikolai

A rede estatal de televisão da Alemanha, a Deutche Welle, produziu uma interessante reportagem sobre a vida dura que levam os trabalhadores e aposentados russos que vivem com salário mínimo (ver vídeo abaixo). 

Por meio do deputado do Partido Comunista e que é membro da Duma da Região de Saratov, Nikolai Bondarenko, que decidiu passar um mês vivendo com o recursos de um salário mínimo de R$ 205, a Deutsche Welle mostra que este valor acaba impondo uma dieta que no longo prazo acaba prejudicando a saúde dos que o recebem [1].

Essa explica, pelo menos parcialmente, porque cada vez mais russos se declaram nostálgicos do tempo em que eram parte da União Soviética. 


[1] https://en.crimerussia.com/gover/saratov-deputy-went-on-3-500-ruble-diet-proposed-by-millionaire-official/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s