Em meio à catástrofe causada pela COVID-19, revolta popular contra violência policial abala os EUA

Os EUA são o principal epicentro da pandemia da COVID-19 e no dia de hoje a principal potência econômica e militar do planeta já contabiliza cerca de 1.8 milhão de infectados pelo coronavírus e em torno de 103.000 mortos pela COVID-19. Não obstante,  outro caso rumoroso de violência policial contra um cidadão negro, George Floyd, por policiais brancos na cidade de Minneapolis, a mais populosa do estado de Minnesota, causou uma revolta popular sem precedentes, com partes inteiras da cidade, a começar pela delegacia de polícia, foram reduzidas à cinzas (ver vídeo abaixo).

A verdade é que os EUA hoje amargam uma decadência econômica que ameaça a estabilidade social do país, com a grande parte da riqueza ficando concentrada nas mãos dos 1% mais ricos da população. Esse processo de alta concentração de renda já foi rotulado de “Brazilinization” da sociedade estadunidense, pelos motivos que os leitores deste blog podem facilmente imaginar.

Essas cenas de caos social são exatamente aquelas que se imaginaria em países mais pobres que hoje sofrem duramente com os efeitos de décadas de políticas neoliberais. Entretanto, estas são cenas genuinamente estadunidenses, o que chega a ser irônico, pois foi dos EUA que se originaram as políticas que aumentaram a concentração da renda em outras partes do planeta. É o famoso “o feitiço se virando contra o feiticeiro.

Essa situação caótica serve ainda para piorar as chances de reeleição do presidente Donald Trump que é visto cada vez mais como o principal responsável pelo duro custo humano que a pandemia da COVID-19 tomou nos EUA. Sempre é bom lembrar que como Jair Bolsonaro fez no Brasil, Donald Trump apostou todas as suas fichas em uma combinação de negacionismo da letalidade do coronavírus e da aposta nos efeitos supostamente milagrosos da cloroquina.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s