Garimpo ilegal e devastação ambiental na Terra dos Yonamami: esse é a “gestão modelo” do governo Bolsonaro

alto-uraricuera-6-2_article_column@2xUm dos muitos garimpos ilegais existentes dentro da Terra Indígena Yonamami. Na porção inferior é visível a presença de dezenas de balsas de mineração.

Toda vez que surge algum tipo de evidência acerca do desastre de grandes proporções que está ocorrendo na Amazônia sob a batuta do “sinistro” do Meio Ambiente, o improbo Ricardo Salles, sempre aparece alguma personalidade do governo Bolsonaro para negar os fatos e dizer que o atual governo tem responsabilidade com a proteção da floresta amazônica.

Se estivéssemos na década de 1970 como gostariam alguns dos principais ministros do governo Bolsonaro é possível que a simples negação deles tivesse algum peso político. Mas como estamos no Século XXI e as metodologias de sensoriamento remoto já avançaram muito nas últimas quatro décadas, sempre há que se dê ao pueril trabalho de juntar duas imagens para comparar. Este, aliás, foi o que faz organização não governamental Survival International que produziu a animação que segue abaixo, e que mostra uma área dentro da Terra Indígena Yonamami.

A Survival International, uma organização muito respeitada em nível internacional, está  apoiando uma campanha  global para denunciar a presença de nada menos que 20.000 mil garimpeiros e exigir a sua remoção do interior das terras do povo Yonamami. E tudo isso sob o olhar permissivo de Ricardo Salles, o improbo.

Uma coisa é certa: se alguém do governo Bolsonaro, incluindo o próprio presidente Jair Bolsonaro e seu “sinistro” do Meio Ambiente, acha que toda essa destruição vai passar em brancas nuvens no plano internacional, é melhor pensar melhor.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s