A estranha fuga de Abraham Weintraub para a Terra do Uncle Sam

weintraub eua

Abraham Weintraub vai para os EUA e deixa para trás um rastro de questões estranhas para serem respondidas pelo governo Bolsonaro

Quando se pensa que as estranhezas que marcam o governo Bolsonaro já chegaram a um limite, a realidade vem mostrar que o buraco sempre pode ser mais fundo. O fato da vez é a escapada protagonizada pelo ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, que rumou para os EUA na velocidade daqueles que estão indo levar os filhos na Dysnelândia.  No caso de Weintraub, até agora não ficaram claras as circunstâncias pelas quais eles conseguiu entregar nos EUA, onde a entrada de brasileiros comuns está proibida pelo governo Trump.

A coisa é tão rocambolesca que o próprio Weintraub teve que confirmar via a rede social Twitter, já na gloriosa Miami, que tinha conseguido se escafeder do Brasil (ver imagem abaixo).

weintraub 1

Outra esquisitice dessa escapada é que a publicação da exoneração de Weintraub só se deu via uma edição extraordinária do Diário Oficial da União que foi publicada neste sábado, quando supostamente Abraham Weintraub já se encontrava em território estadunidense (ver imagem abaixo).

weitraub 2

Essa sincronia entre chegada nos EUA e demissão do cargo de ministro da Educação tem levado a muitos analistas a concluir que Weintraub entrou pelos portões da imigração em Miami de posse de um passaporte diplomático que foi tornado inválido por sua exoneração quando ele ainda estava no ar.

Mas, convenhamos, toda essa velocidade em sair do Brasil não é explicada apenas pelo que já se sabe de todas as pataquadas em que Abraham Weintraub esteve publicamente envolvido enquanto esteve ministro da Educação.  A verdade é que a ruindade da gestão no Ministério da Educação pode ser até um crime contra o futuro do Brasil, mas isto não está necessariamente tipificado no Código Penal. Sair assim no Brasil, meio que levando apenas as roupas do corpo, é sinal de que algo mais grave ainda está por vir a público, restando agora saber do que é.

Como vivi quase 7 anos nos EUA e tive dezenas de encontros com agentes da imigração, tenho quase certeza que Abraham Weintraub não entrou lá sem a devida proteção do governo Bolsonaro, a começar pela posse de algum documento oficial explicando o porquê do ex-ministro estar chegando lá neste momento, e quanto tempo a estadia deverá durar. Além disso, como ninguém chega nos EUA sem ter que explicar para onde está se dirigindo, há a grande possibilidade de que Weintraub não saiu do Brasil sem eira nem beira. Me ocorre ainda a lembrança de que dada a atual restrição para a entrada de brasileiros nos EUA, Weintraub não teria entrado sem algum tipo de visto daqueles que se concede apenas para “pessoas especiais”, o que implica em algum tipo de colaboração da embaixada estadunidense em Brasília.

Todas essas questões tornam a fuga de Weintraub ainda mais estranha e cercada de mistérios. Agora nos resta esperar o que será revelado nos próximos dias. Entretanto, apoiada ou não, essa fuga adiciona pitadas graves de crise a um governo que já está com uma cota bastante alta de imbróglios para resolver.

Enquanto isso Weintraub poderá, digamos, curtir a vida na terra do Tio Sam, como se não houvesse amanhã, que, aliás, talvez seja uma boa escolha para ele.

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s