Com um sindicato como esse, quem precisa de patrão?

Os servidores técnicos-administrativos da UENF se reuniram ontem em assembleia e decidiram retornar ao processo de greve que tinham suspenso para viabilizar a negociação salarial com o (des) governo do Rio de Janeiro. Ainda que eu tenha uma posição crítica sobre essa decisão por achá-la pouco eficiente neste momento de lei eleitoral se sobrepondo aos direitos dos servidores públicos, não posso deixar de mostrar uma curiosa correspondência enviada pela direção executiva do SINTUPERJ, sindicato ao qual os servidores da UENF estão ligados por meio de uma delegacia sindical. 

Vejamos o que diz a correspondência assinada pelo Sr Antonio V. Fernandes da direção executiva do SINTUPERJ:

 

Ofício nº102lSINTUPERJl2014 30 DE JUNHO 2014O problema é que além de anular, baseada supostamente no Estatuto, a direção executiva do SINTUPERJ não informa apenas aos seus delegados sindicais da UENF esta decisão, mas também à reitoria e a três secretarias de governo! Se isso não for entregar seus próprios membros ao carrasco, eu não sei o que é.

Por isso eu só posso lamentar a atuação da direção do SINTUPERJ.  E cabe ainda a pergunta: com um sindicato como esse, quem precisa de patrão?

 

4 pensamentos sobre “Com um sindicato como esse, quem precisa de patrão?

  1. Mariano disse:

    Concordo inteiramente com você. Uma direção sindical pode discordar da maneira que foi feita uma coisa, mas jamais se explicar para o patrão pra se “insentar de culpa”. A situação está tão calamitosa que os pelegos de hj em dia tratam de entregar colegas e se livrar do fuzilamento das lei governamentais. Acho que estamos no estágio od fascimo moderno.

  2. LUIZ EUGENIO MACHADO DIAS disse:

    CARO PROFESSOR: DORMÍAMOS COM OS INIMIGOS, ACREDITANDO SEREM PARCEIROS DE LUTA CONTRA ESTE ESTADO IMORAL E ABJETO EM QUE SE ENCONTRA A RAÇA HUMANA.HÁ TEMPOS QUE A UERJ/UENF RESPIRAM ESTE AR PODRE,ONDE A CULTURA UMBILICAL IMPERA , E O COLETIVO É VERGONHOSAMENTE SUPLANTADO PELO SEMPRE ” SE DAR BEM”. PARABÉNS PELA DENÚNCIA, POIS SÓ TIRANDO AS MÁSCARAS DESTES SAFADOS, NOS TORNAREMOS VIGILANTES E EVITAREMOS OS ERROS NAS NOSSAS ESCOLHAS.
    EUGENIO DIAS, HEMOTERAPIA DO HOSPITAL UNIVERSITARIO PEDRO ERNESTO.

  3. […] Silvério Freitas, em relação a uma decisão de greve dos servidores da UENF em julho de 2014 (Aqui!). O que mais me deixou estupefato naquela correspondência é que foram enviadas cópias para as […]

  4. […] dos trabalhadores da Uenf de retomar um processo de greve que haviam suspenso recentemente (Aqui!). […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s