Vice-reitor da UENF em ato de campanha de Pezão. Pode isso, Arnaldo?

Há vários anos venho sendo criticado pelos dirigentes da UENF por minhas atividades fora do espaço das salas de aula e do meu laboratório. É que segundo já ouvi,  eu seria “radical demais” nas minhas posições políticas. Bom, numa coisa quem me critica está certo: eu jamais misturei minhas convicções político-partidárias com as minhas funções institucionais. Aliás, como não sou filiado a nenhum partido político, o que se pode criticar à vontade são minhas políticas políticas, o que não tem nada a ver com minhas obrigações institucionais.

Por que toco nesse assunto neste momento? É que hoje vi uma postagem no blog do ex-deputado e ex-governador, e primeiro marido de Campos dos Goytacazes, onde ele colocou uma imagem dos apoiadores locais do (des) governador Luiz Fernando Pezão durante a última campanha eleitoral, e para minha surpresa localizei na imagem alguém que Garotinho parece não conhecer, o vice-reitor da UENF, Prof. Edson Corrêa da Silva, que na imagem abaixo aparece no círculo vermelho e em posição devidamente contrita.

20150313_pezaoturmadecampos

E ai, qual seria o problema do vice-reitor da UENF estar num ato de campanha de Pezão? Nada à primeira vista, já que todo cidadão tem o direito de optar por determinados candidatos. Mas que fica estranho, um vice-reitor em exercício participar de ato de campanha, isso fica. Além disso, esse mesmo vice-reitor recentemente fez um pedido estranho na reunião do Conselho Universitário: que não se fizesse nenhuma mobilização que pudesse irritar os membros do executivo estadual. E ai fica a pergunta: quem pediu foi o vice-reitor da UENF ou o eleitor de Pezão?

Mas uma curiosidade minha: se o vice-reitor participou de atividades de campanha, por que estamos assim tão abandonados por Pezão? Seria Pezão um ingrato, ou só é mesmo esquecido?

Um pensamento sobre “Vice-reitor da UENF em ato de campanha de Pezão. Pode isso, Arnaldo?

  1. Carlos E Rezende disse:

    Meu caro Pedlowski, não acredito que o senhor esteja avaliando corretamente a situação. Nosso vice-reitor, simplesmente não deseja usar da sua proximidade com o governador para resolver nossos problemas cotidianos. Ao invés disso, simplesmente espera que o governador, reconheça à jato, a importância da educação para os cidadãos do estado e do Norte Fluminense. Ainda sobre o assunto, acredito que um dia algum governante neste estado irá entender que um Reitor possui status de um Secretário de Estado. Portanto, caberá a este governante respeitar a autonomia que uma instituição Universitária merece para que possa atingir seus verdadeiros objetivos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s