Seminário internacional “1917: o ano que abalou o mundo” e a conferência de Esteban Volkov sobre o papel de Trotsky na Revolução Russa

esteban leon

O químico aposentado, de 91 anos, abordará o papel de seu avô na história. Nascido em 1926, na Ucrânia, aos treze anos foi viver com o avô no México. Nesse período, sobreviveu a um fuzilamento, parte de um atentado orquestrado contra Trotski, na própria casa em que moravam, e assistiu à morte de seu avô. Único sobrevivente de uma das perseguições mais obsessivas da história, Volkov busca resgatar a memória da vida e da obra do intelectual bolchevique. Volkov preside hoje o Museu Leon Trotski, no México, na casa em que seu avô viveu e foi assassinado.

É um dos personagens do romance histórico  “O homem que amava os cachorros”, de Leonardo Padura (Boitempo, 2013). O autor está no Brasil até 26/8 em uma programação imperdível que você confere aqui: https://business.facebook.com/Boitempo/posts/1428051740576258:0

As inscrições para o seminário começam no dia 5/9 e é possível comprar ingresso para dias avulsos. Confira a programação completa, regras e valores em https://revolucaorussa.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s