(Des) governo Pezão usa servidores como massa de manobra na privatização da CEDAE

O jornal “EXTRA” traz hoje mais uma daquelas matérias {1] que explicitam ainda mais o verdadeiro objetivo do fracionamento do pagamento dos salários dos servidores estaduais: mantê-los como reféns para garantir um rápido e questionável processo de privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae). 

agosto salarios

Essa transformação de uma parcela dos servidores estaduais em joguetes nas mãos do (des) governo Pezão foi explicitado pelo (des) secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, que afirmou ao EXTRA que:

“… o Estado só terá normalidade quanto ao pagamento dos salário com a realização do pregão para a contratação do empréstimo de até R$ 3,5 bilhões, que dará como garantia as ações da Cedae.

Ora, como pode ser isso possível se após a adesão ao famigerado “Regime de Recuperação Fiscal” ter cessado o pagamento de dívidas e garantido a suspensão dos contínuos arrestos dos recursos pertencentes ao tesouro fluminense pelo governo “de facto” de Michel Temer?

A questão central que emerge é que para impedir eventuais protestos contra a forma pela qual está se dando a privatização da Cedae, o (des) governo Pezão está mantendo mais de 74 mil servidores sem os salários que lhes são devidos.

Enquanto isso, permanece um silêncio quase sepulcral dentro do funcionalismo estadual, seja pelos que estão com os salários em dia, seja por aqueles que estão sendo deixados na condição de reféns.  Esse silêncio, é preciso que se frise, é fundamental para que essa manobra dê certo.  É que a conjuntura atual é marcada por tantos problemas no plano estadual que bastaria a realização de um protesto massivo dos servidores estaduais ocorresse na frente do Palácio Guanabara para que todo o castelo de cartas no qual o (des) governo Pezão se equilibra viesse abaixo, impedindo, inclusive, a privatização da Cedae.

A pergunta que sempre faço se mantém:  cadê o movimento sindical que diz representar os interesses dos servidores estaduais que não começa a ventania que faria esse castelo de cartas desabar?


[1] https://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/estado-nao-vai-conseguir-pagar-salarios-de-agosto-dos-servidores-ate-fim-de-setembro-21870012.html

5 pensamentos sobre “(Des) governo Pezão usa servidores como massa de manobra na privatização da CEDAE

  1. Republicou isso em O LADO ESCURO DA LUA.

  2. Ygor disse:

    Dia 3 vamos pra rua para pedir fora pezão -fora temer ladroes!!!

  3. Fatima disse:

    Absurdo o que estão fazendo com os servidores que não recebem em dia os salários.

  4. Elisa disse:

    Estou desesperada…fiz acordo com 2 bancos e agora com esse calote como posso honrar meus compromissos…e ainda o TJRJ diz que é um “mero aborrecimento “…E o STF proibiu os arrestos pra pagar aos servidores públicos discriminados ativos e inativos e pensionistas estaduais…so os marajas do duodécimo que podem fazer arresto…dinheiro tem sim …a arrecadação está em condições de pagar a todos…Voce disse tudo com a tal recuperação fiscal a União não faz mais os arrestos…Esse desgoverno Pezao e Gustavo sao incompetentes e safados…Fora Politicos corruptos!!!

  5. Paulo Brites disse:

    Isto eu já tinha percebido desde o início que havia uma manobra por trás como a reforma da previdência cujo objetivo é vender previdência privada e agradar o mercado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s