Com Rafael Diniz, Campos vira capital nacional dos aumentos de impostos e tarifas

Resultado de imagem para rafael diniz prefeito

A maioria dos habitantes da cidade de Campos dos Goytacazes terminou 2017 sabendo que iria amargar preços mais salgados do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) graças ao envio de um projeto que irá reestruturar para cima os valores praticados para 2018 [1]. Depois disso veio a impressionante majoração na taxa de iluminação pública que enquanto vereador o jovem prefeito Rafael Diniz (PPS) considerava ser inconstitucional[2].

Mas não contente com os aumentos no IPTU e na taxa de iluminação pública, o governo Rafael Diniz autorizou um reajuste na tarifa de água que é 135% do índice inflacionário anual, segundo o que calculou o professor Roberto Moraes, para alegria completa e total da concessionária Águas do Paraíba [3]. 

Lembro aqui que enquanto vereador da bancada de oposição à prefeita Rosinha Garotinho lutou ferranhamente para barrar todos os aumentos propostos para estes itens, fazendo dessa postura um dos motes para sua campanha vencedora em 2016.  Entretanto, agora que está sentado na cadeira de prefeito, Rafael Diniz está salgando as contas sem muitas explicações para a população. Aliás, afora a tal da herança maldita que embalou o primeiro ano de governo, Rafael Diniz não tem oferecido muita explicação sobre nada do que se passa em seu governo!

Agora, convenhamos, aumentar impostos e taxas não chega a ser um absurdo em primeira instância. Todos os governos aumentam anualmente impostos, de forma a garantir formas de renda para poder ofertar serviços públicos e arcar com projetos de desenvolvimento.  

O caso de Campos dos Goytacazes é problemático neste momento por dois aspectos básicos. O primeiro está relacionado ao fato de que a expectativa gerada por Rafael Diniz em sua campanha eleitoral ia no sentido oposto, o que gera um inevitável sentimento de estelionato eleitoral. O segundo se dá pelo fato de que os serviços que agora foram onerados têm estado em níveis sofríveis, especialmente no que se refere à iluminação pública e aos serviços de água e esgoto. Essa combinação é que gera indignação entre os que estão agora sendo “presenteados” com valores bem mais altos do que aqueles praticados em anos anteriores. Essa é a verdade pura e simples.

Toda essa situação nos mostra que campanhas eleitorais que prometem mundos e fundos são as que mais causam desapontamento e descrédito político quando seus candidatos são eleitos.

Em benefício do jovem prefeito Rafael Diniz há que se dizer que ele agora poderá clamar ter colocado a cidade de Campos dos Goytacazes na condição da capital nacional dos aumentos de impostos e taxas. Não parece ser um consolo, e não é mesmo.


[1] http://www.diariodaplanicie.com.br/bancada-de-rafael-diniz-aprova-super-aumento-de-iptu/.

[2] https://www.camposemfoco.com.br/campos-na-escuridao-taxa-de-iluminacao-publica-sofre-reajuste-mas-alguns-bairros-continuam-sem-luz/

[3] http://www.robertomoraes.com.br/2018/01/reajuste-da-tarifa-de-agua-aprovado.html

 

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s