Sérgio Moro e sua utilidade política tem data de validade prestes a expirar

As últimas estrepulias cometidas por juiz Sérgio Moro que, de férias, interferiu num processo para o qual não possuía a menor competência marcam, certamente, o fim da sua utilidade para as forças políticas e econômicas que conspiram para retornar o Brasil à condição de colônia.  Aliás, a melhor definição para as ações de Sérgio Moro  veio de Alexandre Vasilenskas,  militante do PCB/RJ: síndrome de Napoleão de hospício.

moronapoleaoAroeira

Mas não penso que o fim da utilidade de Sérgio Moro será ditado pelo judiciário, pois ele já deu incansáveis provas de que não respeita instâncias superiores e continuou lá por Curitiba, quando não está nos EUA dando palestras ou em Portugal passando férias, fazendo das suas.

Avalio que o pano de Sérgio Moro vai cair por razões essencialmente políticas, as quais foram explicitadas pelo açodamento indevido contra o habeas corpus deferido pelo desembargador Rogério Favreto do Tribunal Regional Federal da 4a. Região. É que confrontados com uma oportunidade de ouro para defenestrar Sérgio Moro da cena política, até os inertes PT e CUT vão agora sair da sua inércia para agir politicamente. É que Sérgio Moro deu uma daquelas oportunidades imperdíveis e agora vai pagar o preço devido.

A verdade é que Sérgio Moro durou até agora porque serve a interesses maiores do que sua estatura jurídica permitiria. Saído de Maringá para a glória da Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro é um típico peão num tabuleiro no qual jamais chegará sequer a bispo.  Agora com seu açodamento intempestivo, pode ter atingido o seu clímax de forma imprevista. A ver!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s