A humanidade eliminou 60% dos animais desde 1970, segundo relatório

A enorme perda é uma tragédia em si, mas também ameaça a sobrevivência da civilização, dizem os principais cientistas do mundo.

5018

Gado na floresta amazônica. Fotografia: Michael Nichols / National Geographic / Getty Images

A humanidade eliminou 60% dos mamíferos, aves, peixes e répteis desde 1970, levando os principais especialistas do mundo a alertar que a aniquilação da vida selvagem é agora uma emergência que ameaça a civilização humana.

A nova estimativa do massacre da vida selvagem é feita em um grande relatório produzido pelo WWF e envolvendo 59 cientistas de todo o mundo. O estudo aponta que o vasto e crescente consumo de alimentos e recursos pela população global está destruindo a teia da vida, bilhões de anos em formação, sobre a qual a sociedade humana depende, em última análise, do ar limpo, da água e de tudo mais.

“Estamos sonambulando na beira de um precipício”, disse Mike Barrett, diretor executivo de ciência e conservação da WWF. “Se houvesse um declínio de 60% na população humana, isso equivaleria a esvaziar a América do Norte, a América do Sul, a África, a Europa, a China e a Oceania. Essa é a escala do que fizemos. ”

“Isso é muito mais do que apenas perder as maravilhas da natureza, mas é desesperadoramente triste”, disse ele. “Isso agora está colocando em risco o futuro das pessoas. A natureza não é ‘agradável de ter’ – é o nosso sistema de suporte à vida. ”

lpi wwf

“Estamos ficando rapidamente sem tempo”, disse o professor Johan Rockström, especialista em sustentabilidade global do Instituto Potsdam para Pesquisa sobre o Impacto Climático, na Alemanha. “Somente abordando ecossistemas e clima é que temos a chance de salvaguardar um planeta estável para o futuro da humanidade na Terra.”

Muitos cientistas acreditam que o mundo começou uma sexta extinção em massa, a primeira a ser causada por uma espécie – o Homo sapiens. Outras análises recentes revelaram que a humanidade destruiu 83% de todos os mamíferos e metade das plantas desde o alvorecer da civilização e que, mesmo que a destruição terminasse agora, levaria de 5 a 7 milhões de anos para o mundo natural se recuperar. 

O Living Planet Index, produzido pela WWF pela Zoological Society of London, usa dados sobre 16.704 populações de mamíferos, aves, peixes, répteis e anfíbios, representando mais de 4.000 espécies, para rastrear o declínio da vida selvagem. Entre 1970 e 2014, os últimos dados disponíveis, as populações caíram em uma média de 60%. Quatro anos atrás, o declínio foi de 52%. A “verdade chocante”, disse Barrett, é que a queda na vida selvagem continua inabalável. 

A vida selvagem e os ecossistemas são vitais para a vida humana, disse o professor Bob Watson, um dos cientistas ambientais mais eminentes do mundo e atualmente presidente de um painel intergovernamental sobre biodiversidade que disse em março que a destruição da natureza é tão perigosa quanto a mudança climática

“A natureza contribui para o bem-estar humano cultural e espiritualmente, bem como através da produção crítica de alimentos, água limpa e energia, e através da regulação do clima da Terra, poluição, polinização e inundações”, disse ele. “O relatório Planeta Vivo demonstra claramente que as atividades humanas estão destruindo a natureza a um ritmo inaceitável, ameaçando o bem-estar das gerações atuais e futuras.”

A maior causa de perdas de vida selvagem é a destruição de habitats naturais, em grande parte para criar terras agrícolas. Três quartos de todas as terras da Terra são agora significativamente afetados por atividades humanas. Matar por comida é a segunda maior causa – 300 espécies de mamíferos estão sendo destruídas – enquanto os oceanos são excessivamente explorados, com mais da metade sendo pescada industrialmente.


Artigo publicado originalmente em inglês pelo jornal “The Guardian [1]

Um pensamento sobre “A humanidade eliminou 60% dos animais desde 1970, segundo relatório

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s