Quem se arrisca a tocar no dedo podre de Rafael Diniz?

dedo-podre

Estou lendo em diferentes veículos da mídia campista que o jovem prefeito Rafael Diniz teria embarcado em uma jornada para quebrar ao meio o grupo de vereadores que saíram da base governista para lhe impor duras derrotas no legislativo municipal.

A minha dúvida é quem, a essas alturas do campeonato, ainda se arriscará a apertar as mãos de Rafael Diniz para lhe dar algum tipo de sobrevida política, já que está mais do que evidente que seu governo está em condição moribunda em face da altíssima, e aparentemente irreversível, rejeição popular.

O fato é que quem aceitar voltar à base governista em troca da manutenção de cargos de confiança corre o risco de ser tocado pelo dedo podre de Rafael Diniz, inviabilizando assim qualquer chance de reeleição nas eleições municipais de 2020. Essa deve ser a dúvida dos vereadores que supostamente foram escolhidos como alvo para serem uma espécie de filhos pródigos de uma gestão do executivo municipal que oscila entre o pífio e o desastroso.

Se os vereadores que estão sendo “cantados” para voltarem à base de Rafael Diniz aceitarem uma sugestão sincera, eu diria para que caminhem pelas ruas de Campos dos Goytacazes e ouçam a voz dos eleitores. Afinal de contas, as chances de reeleição de Rafael Diniz são exíguas, e resta saber se os “filhos pródigos” querem ter o mesmo destino. Simples assim!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s