Caos à vista: Com economia paralisada, o Brasil vê no horizonte uma recessão global

guedes

E o tamanho do PIB é…. 

Ontem ouvi por poucos minutos um entrevistado de programa local analisando a situação econômica do Brasil em meio às “reformas” de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes que nos isolaria de uma crise que se levanta na economia global.  A similaridade de argumentos e a defesa de mais “reformas” não me deixaram dúvidas, e mudei rapidamente de estação. É que até para ouvir besteira há limites.

O problema é que qualquer observador minimamente capacitado de oferecer uma análise superficial da situação teria dito ao “locutor” que a situação do Brasil já beirava o dramático antes da erupção da pandemia do Coronavírus e da eclosão das disputas entre os países produtores acerca dos preços do petróleo.  Com esses dois desdobramentos, passamos do dramático para o desesperado.

A verdade é que o Brasil já ensaia uma recessão desde que a então presidente Dilma Rousseff iniciou seu segundo mandato praticando um estelionato eleitoral quando colocou no cargo de ministro da Fazenda o neoliberal Joaquim Levy. Como a história já mostra, esse estelionato eleitoral abriu espaço para um golpe parlamentar que tirou Rousseff do poder, colocando em seu lugar Michel Temer que, efetivamente, aprofundou as medidas neoliberais de Levy, o que foi consumado com a aprovação da chamada PEC do Teto de Gastos (PEC-241 na Câmara de Deputados e PEC-55 no Senado Federal).

Ao congelar os investimentos públicos por pelo menos 20 anos, Michel Temer jogou o Brasil ainda mais para o pântano recessivo em que Dilma e Levy já tinham colocado o país. A eleição de Jair Bolsonaro e a assunção de Paulo Guedes resultaram apenas em mais recessão. Em função disso, o nosso país está atolado em uma situação calamitosa, visto que o Estado não investe por causa dos limites impostos pela PEC do Teto de Gastos, e os barões da iniciativa privada estão mais preocupados em migrar seus dólares para paraísos fiscais para salvá-los do naufrágio do que colocar suas fortunas a serviço da recuperação econômica brasileira.

Mas como não há nada que não esteja tão ruim que não possa piorar, agora temos todos os elementos indicadores de que a economia global entrará em uma recessão tão ou mais profunda do que aquela experimentada em 2008. A primeira consequência dessa situação é a fuga de divisas, pois os especuladores internacionais vão colocar suas fortunas em ativos mais seguros, e consequente depreciação acachapante do Real. Mas outra consequência importante é a perda de valor das commodities agrícolas e minerais cuja comercialização é hoje a principal boia de salvação do comércio exterior do Brasil. Com isso, temos o somatório de dois fatores que servirão para tensionar ainda mais as contas brasileiras, devendo ainda obrigar o governo Bolsonaro a torrar as reservas nacionais de dólar que foram acumuladas nos anos dourados de Lula e Dilma. Em suma, não há nada de bom ou estável no horizonte, especialmente porque os preços do petróleo dos quais a União e os chamados estados produtores dependem para obter renda não deverão se recuperar tão cedo.

20200128_coronavirus_jitters

Variação dos preços do petróleo e do cobre após a erupção da crise do coronavirus

Demonstrando sua completa incapacidade de oferecer respostas que façam o Brasil se mover para fora do lamaçal econômica onde está colocado, o governo Bolsonaro tem apenas uma receita a oferecer: mais recessão e mais ataques à capacidade de investimento do Estado brasileiro disfarçados de “reformas“.  Com isso, uma situação que já é profundamente problemática tenderá a se agudizar.   Mas novamente,  é preciso dizer que aquilo que está ruim sempre pode piorar. Assim, eu não me surpreenderei nenhum pouco com uma saída intempestiva de Paulo Guedes do governo Bolsonaro, culpando inclusive o chefe pela patranha onde estamos metidos. Se isso acontecer, quem terá que se preocupar com o próprio destino será o presidente Jair Bolsonaro.

Resumo da ópera: quem ainda tiver algo a perder, melhor pensar bem sobre os próximos passos. Já para os que já perderam tudo, não há nada de bom no horizonte.  Simples assim!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s