O coronavírus coloca a Teologia da Prosperidade contra a parede

teologia da prosperidadeAlgumas das principais lideranças neopentecostais brasileiras no entorno do presidente Jair Bolsonaro na 27ª edição da Marcha para Jesus, em São Paulo.| Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil.

Não tenho nem conhecimento suficiente nem pretensão de ter em relação ao alinhamento do presidente Jair Bolsonaro com determinadas lideranças  de uma variante cristã que é popularmente conhecida como “Teologia da Prosperidade“. Outros pesquidadores, entretanto, já escreveram textos interessantes sobre os esforços de Bolsonaro em associar sua imagem à lideranças ligadas à Teologia da Prosperidade, um esforço que aumentou com a queda flagrante de sua popularidade em função de sua forma particular de negar a pandemia criada pelo coronavírus.

Um desses pesquisadores, o doutor em Ciências da Religião, que atua no Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Fábio Py, acaba de publicar um artigo intitulado “Cristologia pascoal bolsonarista“, onde traça um itinerário para que seja possível entender os esforços do presidente Bolsonaro em ligar a sua imagem e trajetória no trato da pandemia a uma lógica messiânica que, em última instância,  tenta relativizar as consequências mortais da pandemia.

Apresentada a análise do Dr. Fábio Py,  volto ao que realmente me chama a atenção não em relação ao presidente Bolsonaro, mas sim às lideranças neopentecostais que se associaram tão fortemente ao atual presidente, e que também estão colocadas em xeque pelo coronavírus. Sem entrar em nomes, uma característica comum a várias destas lideranças religiosas tem sido a sua oposição ao isolamento social, sob o argumento de que não se pode impedir o direito de culto, mesmo em face do risco real de disseminação do coronavírus entre os seus fiéis. 

Várias análises já foram postas sobre a posição das principais lideranças neopentecostais brasileiras, com a maioria dos analistas insistindo em uma explicação que tem a ver com o aspecto financeiro, já que fica mais difícil coletar dízimos e outras formas de contribuição se não houver a presença física dentro dos templos. Eu diria que essa não é a questão chave que faz com que uma parte significativa dessas lideranças insistam em reabrir templos em tempos de pandemia.

rr-soaresO missionário R.R. Soares, líder  da Igreja Internacional da Graça de Deus, inovou ao solicitar a entrega online de dízimos pelos fiéis em função da ausência de cultos presenciais por causa do coronavírus.

O problema me parece muito mais existencial, pois a Teologia da Prosperidade possui uma tônica que são as promessas de saúde e prosperidade que são os sustentáculos da congregação de seus seguidores. Como o coronavírus desconhece qualquer obediência aos clamores feitos em púlpitos, a própria existência dessa variante cristã está em xeque em face da incapacidade de oferecer uma imunidade concedida ou obtida pela fé.

Muitos analistas do fenômeno neopentecostal tendem a apresentar as congregações que a adotam como sendo monolíticas em termos de práticas e estáveis em termos de congregados.  Eu diria que nem uma coisa, nem outra. E a incapacidade de entregar as promessas de saúde que está ficando evidente por causa da virulência com que o coronavírus está atingindo a todos, independente da opção religiosa. Por isso mesmo, arrisco a dizer que período que se abrirá após a passagem do pico da pandemia criará grandes movimentos das “placas tectônicas” dentro das grandes denominações neopentecostais no Brasil. Suspeito ainda que as denominações protestantes que não abraçaram essa variante estarão atentas para, provavelmente, experimentar uma grande afluência de fiéis desencantados com a Teologia da Prosperidade.

Um pensamento sobre “O coronavírus coloca a Teologia da Prosperidade contra a parede

  1. Começo a perceber alguma semelhança com 64 – Marcha da família com deus pela liberdade….

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s