Moradores desconfiam que Vale usa sirenes para implantar terror sorono em Nova Lima (MG)

mar azul

Moradores afetados pelo iminente rompimento das barragens de rejeitos da mina Mar Azul em Nova Lima (MG) estão revoltados com a realização de intermináveis testes de sirene pela mineradora Vale, os quais incluem o uso de música clássica, mas que servem apenas para instalar um estado de terror social entre os habitantes daquele território (ver imagem abaixo). 

wp-1607693792256.jpg

Segundo uma fonte familiar com a situação das famílias afetadas no  Distrito de São Sebastião das Águas Claras (Macacos), a pergunta que muitos moradores estão fazendo é sobre até quando a Vale pretende continuar fazendo os testes com sirene, bem como sobre qual seria a intenção efetiva da empresa. É que segundo essa fonte, esses testes em vez de fazerem que os moradores se sintam mais  seguros, acabam causando mais intranquilidade, ansiedade e medo. Isto sem falar nos prejuízos econômicos para proprietários das pousadas existentes na região, pois, afinal, quem vai querer sair de casa para acabar tendo que fazer o “turismo sonoro” da Vale?

Essa mesma fonte nota que, como já foi informado neste blog, a Vale já vem interferindo dentro dos territórios afetados pelo eventual rompimento das suas barragens em Nova Lima, incluindo a colocação de obstáculos físicos que estão dificultando a movimentação dos moradores dentro de suas próprias propriedades. Agora, com a realização desses testes sonoros, acrescenta-se mais um elemento de perturbação ao cotidiano dos habitantes da região que já estão convivendo com o intenso barulho de máquinas que operam sem qualquer consideração em relação a horários, o que vem causando sérios transtornos a quem vivia acostumado a uma vida marcada pela tranquilidade.

Há que se lembrar que no caso do rompimento da barragem da Samarco (Vale+ BHP) em Bento Rodrigues não houve o acionamento de sirenes, até porque elas inexistiam. Por isso, mesmo os moradores de São Sebastião das Águas Claras estão desconfiados das reais intenções da Vale e seu uso contínuo de testes com sirenes. Afinal, quando a esmola é demais o santo desconfia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s