Projeto de “grilagem de terras” de Bolsonaro é aprovado na Câmara dos Deputados

gado pastandoGado pastando em um campo fumegante que foi atingido por um incêndio que queima uma área da floresta amazônica ao ser derrubada por fazendeiros, em Rio Pardo, Rondônia, Brasil, 16 de setembro de 2019. REUTERS / Ricardo Moraes

BRASÍLIA, 3 de agosto (Reuters) – A Câmara dos Deputados do Brasil aprovou na terça-feira um projeto de lei agrário que é apoiado pelo poderoso setor agrícola do país, mas que ambientalistas dizem que contribuirá para o desmatamento na floresta amazônica.

O projeto de lei permite que ocupantes de terras públicas recebam mais facilmente as escrituras de suas propriedades e foi inicialmente proposto pelo presidente de extrema direita Jair Bolsonaro em uma ação para agradar os agricultores, que apoiaram esmagadoramente sua eleição em 2018.

A Câmara dos Deputados aprovou o texto básico do projeto por 296 votos a favor e 136 contra. Ainda precisa ser aprovado no Senado.

Os brasileiros estão colonizando a floresta amazônica há décadas, mas muitos não possuem escrituras oficiais, o que os coloca em uma área legal cinzenta.

Os defensores do projeto de lei dizem que conceder títulos aos colonos os encorajará a cumprir as leis para conter o desmatamento. Mas os críticos dizem que vai recompensar crimes passados ​​de grileiros ilegais, que muitas vezes desmatam terras para aumentar seu valor para a agricultura.

O Greenpeace disse que o projeto, se virar lei, será na prática uma anistia para invasões de terras.

“A mensagem que os legisladores estão enviando aos brasileiros é que vale a pena invadir e desmatar terras públicas”, disse Mariana Mota, do Greenpeace.

“Ninguém é mais feliz hoje do que os grileiros, que têm o governo e o Congresso do seu lado”, disse ela.

fecho

Este texto foi escrito inicialmente em inglês e publicado pela agência Reuters [Aqui].

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s