Por falta de cartão de vacinação contra a COVID-19, Jair Bolsonaro é barrado no estádio do Santos. Restou a ele reclamar

bolsonarojogosantos.jpg

Impedido de assistir a partida entre Santos e Grêmio em Vila Belmiro por não portar cartão de vacinação, restou ao presidente Jair Bolsonaro reclamar

Não sei quem foi o responsável por impedir a entrada de Jair Bolsonaro no estádio Urbano Caldeira onde queria assistir o jogo entre o Santos e o Grêmio neste domingo, mas as cenas do presidente negacionista reclamando da exigência da apresentação do cartão de vacinação já se tornaram um dos maiores clássicos do rico anedotário da política brasileira (ver vídeo abaixo).

Além dos motivos alegados nos reclamos de Jair Bolsonaro não terem a menor sustentação científica, o fato é que o cumprimento dos protocolos determinados em acordo pelos clubes brasileiros para permitir a volta dos torcedores aos estádios é um alento, em meio às amplas tentativas de sabotagem promovidas pelos que se negam a fazer o básico para impedir a propagação da COVID-19.

E aqui ficam os meus votos de que Jair Bolsonaro seja barrado toda vez que tentar entrar em estádios de futebol sem portar o seu cartão de vacinação. Afinal de contas, ele deveria ser o primeiro a dar o exemplo no esforço de controlar uma pandemia que já consumiu mais de 600 mil vidas brasileiras.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s