Cenas campistas: vivendo como se estivéssemos no início do Século XX

Raramente uso o espaço deste blog para criticar questões paroquiais da cidade de Campos dos Goytacazes, pois existem inúmeros blogs que fazem de sua profissão de  fé, o escrutínio da gestão da prefeita Rosinha Garotinho. que eu toco o meu barco (que dizer, blog) em outra direção.

Mas existem coisas pequenas que mostram como é que estamos longe de uma forma de gerir a nossa cidade que nos coloque minimamente no Século XXI. E o problema é que essas coisas mínimas são apenas sintomas de uma visão que considero equivocada de como gerir o espaço urbano e valorizar o que temos de melhor em termos de instrumentos urbanos.

Vejamos a cena abaixo para talvez deixar mais claro o que estou querendo dizer.

trianon 1

O que é mostrado na imagem em questão é a ação de uma equipe de funcionários da concessionária Águas do Paraíba recolhendo esgoto em um ponto da região central na manhã deste sábado (19/090. Além de atrapalhar o trânsito, já que isso se dava numa esquina bastante movimentada, eu sempre me pergunto sobre o destino do esgoto recolhido. Será que sou o único?

Mas deixando a iniciativa privada e seus interesses de privada de lado por um segundo, mostro a segunda imagem que produzi logo após me desvencilhar do pequeno congestionamento causado pela equipe de recolhimento de esgoto.

trianon

O que está imagem mostra é a condição imunda em que se encontra o lago artificial (ou seria mesmo só uma piscina?) que ornamenta a área frontal do Teatro Municipal Trianon, um dos nossos mais belos cartões postais. Essa situação foi comentada por um casal de idosos que caminhava na minha frente, e que lamentava tanto descaso por parte dos gestores municipais.

Reconheço que, numa cidade com tantos problemas, o que mostro acima é nada ou quase nada. Mas o meu ponto é justamente esse. É que se continuamos recolhendo esgoto como se fazia no início do Século XX e permitimos a degradação de um cartão postal cujo gerenciamento é relativamente simples, o que será que anda acontecendo no resto do município? 

E antes que alguém ache que estou aqui apoiando a oposição consentida, aquela que tomar a prefeitura para basicamente governar da mesma forma que governa a prefeita Rosinha Garotinho, aviso logo que não é esse o caso. Aliás, do jeito que a coisa anda, continuo achando que o grupo político que hoje controla a Prefeitura vai vencer as eleições de 2016. E, lamentavelmente, continuaremos vivendo como se estivéssemos congelados numa bolha temporal. E, pior, sem os orçamentos bilionários que foram trazidos pelos royalties do petróleo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s