Praia do Açu: do improviso à lama

No dia 29.12.2015 notei aqui neste blog a realização de uma obra improvisada na Praia do Açu (Aqui!). Agora, poucos dias depois, já se tornou possível verificar que a improvisação beira o escárnio, pois bastou um pouco de água para que toda a “obra” virasse um verdadeiro lamaçal.

Ao contrário do que poderia ser imaginado, eu não acredito que o principal agente a ser responsabilizado é a Prefeitura de São João da Barra, eventual responsável pela “obra”.

É que passados pelos menos dois anos desde que o processo foi detectado, não temos ainda nenhuma ação objetiva do Ministério Púbico para obrigar que a Prumo Logística, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e a Companhia Estadual de Desenvolvimento Industrial (Codin) a cumprir as obrigações associadas à emissão das licenças ambientais que autorizaram a construção das infraestruturas às quais estava associada a ocorrência do processo erosivo que esta improvisação tenta reparar de forma precária e temporária.

Enquanto isso resta aos moradores da Barra do Açu esperaram pela próxima maré alta para ver esse aterro seguir o seu destino inexorável que é ser varrido em direção à planície abissal.  Simples, irônico, e trágico.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s