Revista Veja coloca o dedo nas jóias do (des) governador Pezão

A revista Veja publicou no dia de ontem (07/12) uma matéria mostrando que não é apenas o (des) governador Sérgio Cabral que precisa explicar as suas aquisições de jóias aos procuradores da operação Lava Jato, mas também o seu pupilo mais famoso, o atual (des) governador Luiz Fernando Pezão (Aqui!).

pezao-0

A matéria da Veja, assinada por Leslie Leitão e Thiago Prado, cita inclusive o roubo de 15 caixas de jóias que ocorreu no apartamento de Luiz Fernando Pezão no dia 30/04/2012, fato que já havia sido mencionado aqui neste blog numa postagem feita no último 23/11 (Aqui!).

O angu fica mais grosso quando se constata que a joalheria, a  Blume Jóias, onde a esposa de Pezão fez suas compras era de propriedade da mulher do executivo da Odebrecht, Benedicto Júnior, a senhora Ronimar Machado Mendes, em sociedade com Verônica Vianna, mulher do ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes (um dos mais controversos secretários estaduais da era Cabral e um dos membros mais famosos da “Gangue dos Guardanapos”. Aliás, era nessa mesma joalheria que Adriana Ancelmo, esposa do (des) governador Sérgio Cabral, comprou parte do seu estoque de jóias.

Aliás, a matéria da Veja traz uma imagem (ver abaixo) da esposa do (des) governador Pezão junto com Adriana Ancelmo (à esquerda na foto) posando alegremente na entrada da Blume Jóias, o que confirma que o amor pelas jóias não está restrito ao casal Cabral.

pezao-2

O (des) governador Pezão se manifesta na matéria negando qualquer malfeito nas compras de jóias que ele e sua esposa porventura tenham feito na Blume Jóias. Resta saber se todas as transações possuem notas fiscais emitidas, o que não ocorreu com o casal Sérgio Cabral/Adriano Ancelmo.

De minha parte, enquanto ainda espero a conclusão do pagamento do meu salário de Outubro, gostaria mesmo de saber é se a Blume Jóias também foi agraciada com algum tipo de “generosidade fiscal” por parte dos (des) governos comandados por Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão.  A resposta a esta pergunta poderá vir a valer um colar de ouro ornamentado com esmeraldas.

Um pensamento sobre “Revista Veja coloca o dedo nas jóias do (des) governador Pezão

  1. Teresina Reis disse:

    Quero todos na cadeia, e que tudo que foi roubado seja confiscado e retorne aos cofres públicos para o pagamento de funcionários e aposentados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s