De Livorno para Tiago Leiffert: esporte é lugar de política sim

noite longa

Recentemente o apresentador global Tiago Leifert, o “comandante” do Big Brother Brasil de 2018, causou certo furor nas redes sociais ao publicar um artigo intitulado “Evento esportivo não é lugar de manifestação política” na revista GQ [1].

Segundo Leifert “quando política e esporte se misturam dá ruim“, seja lá o que ruim seja para ele.  Leifert ainda acrescentou sua crença de que  um evento esportivo não é um local apropriado para manifestações políticas. 

A argumentação de Leifert ainda esbarrou no argumento de que o cliente (o torcedor) não está no local do evento para ouvir as posições políticas do atleta, mas sim para assistir sua performance esportiva. Por isso, Leifert disse não achar justo que um dado atleta “hackeie” o evento esportivo,  “pelo qual está sendo pago, para levar adiante causas pessoais“.  Obviamente há quem dê razão a Tiago Leiffert, não faltando quem tenha aplaudido os seus “argumentos”. 

Mas como Tiago Leiffert não é exatamente um candidato bem embasado para determinador de visões do mundo (quando muito é um funcionário bem pago das Organizações Globo), posto abaixo um vídeo de uma performance política não de um atleta, mas de uma torcida (no caso a do Livorno da Itália). Ao contrário de outras torcidas de times italianos que se notabilizam pela presença de grupos fascistas, a do Livorno expressa posições comunistas e de apoio à posições de esquerda.

Então qual é o moral da história? Que o esporte já é por si um dos meus muitos espaços onde manifestações políticas sempre ocorreram e ocorrerão.  É da natureza do esporte não ser este palco  de uma visão singela de uma intangível de amor e paz, mas, principalmente, de ser justamente o contrário. Ignorar isso é tentar despolitizar mais este espaço da vida social.  Que Tiago Leifert tente vender esse peixe até se entende, mas nós levarmos isso para casa já seria outra coisa bem diferente.

E viva a torcida do Livorno!


[1] https://gq.globo.com/Colunas/Tiago-Leifert/noticia/2018/02/evento-esportivo-nao-e-lugar-de-manifestacao-politica.html

Um pensamento sobre “De Livorno para Tiago Leiffert: esporte é lugar de política sim

  1. Edimar Azevedo disse:

    O que esperar de um mero pião do Sistema Globo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s