500 mil mortos é o limite da paciência nacional?

As capas dos principais veículos da mídia corporativa brasileira trazem hoje menções aos 500 mil mortos causados pela pandemia da COVID-19 no Brasil dando referências diretas sobre a parcela de culpa do governo Bolsonaro para que tenhamos chegado a um número tão assombroso (ver imagem abaixo).

capas

O problema é que apenas capas não vão mudar as políticas do governo Bolsonaro que bloqueiam uma ação mais efetiva do Ministério da Saúde para ampliar o alcance e a velocidade do processo de vacinação, única garantia de que a pandemia será controlada no Brasil.

A mudança de posição dos proprietários da mídia brasileira em relação às capas deste domingo pode ser o prenúncio de que até a paciência deles com um governo anti-ciência e anti-pobres está chegando ao limite. É que os barões da mídia vem ganhando com as políticas ultraneoliberais da dupla Bolsonaro/Paulo Guedes e uma mudança de postura só ocorrerá se o ambiente político for mudado nas ruas pela classe trabalhadora e pela juventude.

O simples fato de que as mobilizações que ocorreram ontem não foram ocultadas como as que tinham acontecido no dia 29 de maio já é positivo, e certamente acrescentará mais pressão sobre os partidos que sustentam o governo Bolsonaro no congresso nacional.

Assim, lamentavelmente dado o risco sanitário que todos correm ao se aglomerarem, o caminho é o das ruas. Afinal, são as ruas cheias que garantem mudanças políticas que precisamos neste momento, e que começam por exigir vacina para todos os brasileiros. Do contrário, em breve iremos ultrapassar o número de mortos pela pandemia nos EUA, que lembro possuem cerca de 110 milhões de habitantes a mais do que o Brasil.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s