Estudantes de São Paulo mostram que é possível derrotar os inimigos do futuro

escolas sp

A lacônica decisão do lacônico governador de São Paulo, José Geraldo Alckmin (PSDB), de que iria suspender o seu plano de fechar inicialmente 92 escolas estaduais em nome de uma suposta reorganização de turmas é mostra cabal de que as forças que lutam por um futuro melhor podem sim sair vencedoras em embates marcadas pela desigualdade no uso da violência.

Já na semana passada dei uma entrevista a um programa de TV no Rio de Janeiro onde expressava a minha visão de que os estudantes de São Paulo estavam dando uma verdadeira lição cívica de como resistir aos desmandos de governos de matriz neoliberal (independente do partido a que estejam afiliados) que hoje promovem uma verdadeira guerra à educação pública no Brasil.

A questão da defesa da educação pública é essencial para que possamos ter qualquer possibilidade de oferecer um modelo alternativo de desenvolvimento econômico aos brasileiros, e os estudantes paulistas e as famílias que abraçaram o movimento que deve estar tirando o sono de muita gente. É que enquanto em Brasília fica-se num debate estéril de tirar ou não tirar Dilma Rousseff do cargo de presidente da república para a qual foi eleita,  no Brasil real o que está se vendo são os trabalhadores e a juventude agindo para impedir ainda mais retrocessos em direitos sociais que foram duramente conquistados ao longo do tempo.

Por isso, como diz o cartaz que a sorridente estudante mostra na imagem abaixo, Alckmin que reorganize o seu governo, antes que tenha que sair correndo do palácio.

escolas sp 2

2 pensamentos sobre “Estudantes de São Paulo mostram que é possível derrotar os inimigos do futuro

  1. welbi disse:

    Sensível ao apelo de pais e alunos, o governador Geraldo Alckmin decidiu suspender a reorganização das escolas para discutir durante o próximo ano com cada escola a melhor forma de fazer as mudanças. Um governante democrático age assim, revoga ou adia suas decisões para ouvir e esclarecer a população. Tenho certeza que esta medida fará que o apoio da comunidade escolar seja maciço às mudanças propostas pelo governo.

    • Welbi, me desculpe, mas sensível ao apelo de pais e alunos é um tanto peculiar. O que foram então aquelas cenas da PM descendo literalmente o porrete em crianças e adolescentes? E aquele assessor que declarou que iria promover uma guerra contra os que se opunham ao fechamento das escolas? Mas eu espero que realmente o governador Alckmin tenha aprendido que vai ter que ouvir a população nesse assunto, e espero que ouça em outros mais. Afinal, democracia é para isso, não é?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s