Um ano sem verbas na Uenf: um trágico aniversário!

unhappy_birthday_by_marii85

O dia de hoje representa uma marca tenebrosa no descaso a que o (des) goverrno Pezão/Dornelles tem imposto à Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf). É que foi exatamente há um ano que foram enviadas as últimas verbas para sustentar as atividades de ensino, pesquisa e extensão que a Uenf desenvolve.

Nesse período só foram pagos salários dos servidores e bolsas dos estudantes. E mesmo assim com atrasos que causaram uma série de atropelos nas vidas de estudantes, servidores e e professores. Pior destino sofreram os terceirizados, especialmente os seguranças patrimoniais, que não receberam o que lhes era devido em troca do seu trabalho.

O custo da inviabilização que está sendo imposta à Uenf vai recair não apenas sobre a comunidade universitária, mas também sobre todos os municípios que se beneficiam dos serviços que a universidade realiza.  Além disso, os impactos do descumprimento do orçamento da Uenf possuem impactos sobre as economias municipais, principalmente em Campos dos Goytacazes. É que o orçamento da universidade e sua utilização no comércio local é uma daquelas peças fundamentais para as quais ninguém presta atenção. Mas o fato é que a Uenf é o maior orçamento de instituição estadual fora da capital. Ao secar as torneiras e fazer a Uenf agonizar, o (des) governo do Rio de Janeiro impacta as economias municipais.

Por esse fato é que não tenho a menor disposição de me empenhar em candidaturas a prefeito e a vereador que estejam sendo apoiadas pelo governo Pezão/Dornelles. Aliás, aqui em Campos dos Goytacazes temos candidatos que gravaram até vídeos apoiando a reeleição de Pezão e agora escondem isso para tentar passar uma imagem de coisa nova na política local. 

Mas a crise da Uenf deve continuar sem solução no futuro imediato. Assim, se tivermos um segundo turno na eleição para prefeito de Campos dos Goytacazes é bem possível que finalmente tenhamos esse aspecto realçado por um dos candidatos que não são alinhados ao (des) governo Pezão/Dornelles.

Finalmente, aos que realmente se importam com a Uenf será preciso lembrar que não há saída para esta crise se não for pela derrota da política de privatização do estado que é impulsionada pelo PMDB e por seus aliados.

Um pensamento sobre “Um ano sem verbas na Uenf: um trágico aniversário!

  1. […] Um ano sem verbas na Uenf: um trágico aniversário! Marcos Pedlowski […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s