(Des) governo Pezão dá 700 bofetadas na cara de 208 mil servidores

bofetada

Não há outra caracterização a ser dada à promessa de pagamento de parte dos salários devidos a mais de 208 mil servidores estaduais referentes ao mês de Abril pelo (des) governo Pezão:  700 bofetadas.

É que a estas alturas do campeonato  há muita gente passando graves necessidades após o atraso de três salários, inclusive com a realização de despejos por donos de imóveis menos compreensivos.  Mas o processo de desumanização ao que os servidores estão sendo submetidos resulta na incapacidade de muitos de adquirir alimentos e remédios, o que remonta a um grave atentado aos direitos humanos, e não mais simplesmente aos trabalhistas.

Enquanto isto, os dirigentes do legislativo e do judiciário assistem a este verdadeiro massacre de forma impávida, o que se configura num verdadeiro passe livre para o (des) governador Pezão continue com sua agenda de desmanche do serviço público estadual, especialmente os hospitais e universidades estaduais.

A conta deste desmanche alcança não apenas as gerações presentes, mas principalmente as futuras, pois o Rio de Janeiro está sendo desprovido da capacidade mínima de gerar alternativas sustentadas para que saia da crise com algum tipo de capital social que o retire do lamaçal onde os cleptocratas o colocaram.

Mais uma vez eu insisto na tese de que esta situação não será resolvida sem uma ação decidida por parte dos sindicatos e associações que representam os servidores públicos, principalmente aqueles onde estão as categorias que foram sorteadas para terem seus salários pagos com atrasos menores.  

Lamentavelmente o que tenho visto até agora não aponta para nenhum tipo de esforço para que se ultrapasse a oposição alegórica que tem caracterizado a ação dos sindicatos dos servidores até o momento.

Enquanto isto, o (des) governador Pezão continuam livre, leve e soltos para continuar dando bofetadas na cara de todos nós. 

9 pensamentos sobre “(Des) governo Pezão dá 700 bofetadas na cara de 208 mil servidores

  1. Infelizmente tudo acaba agora não, mas em pizza, e são os servidores públicos e a população toda que pagam a conta. Estão tirando os nossos direitos adquiridos (adicional noturno, liçênças prêmios), aumentando impostos e deixando o país endivididado, privativando tudo e saindo cada um com seus malotes escondidos, fora o que só Deus sabe.

    • Marco Antônio disse:

      Bom dia Solange, aqui vão duas coisas que só Deus sabe mas que o Capeta (Professor Marcos?) já divulgou aqui:
      1- a crise é seletiva, pois de acordo com a Anaferj há dinheiro em caixa (aí mais uma coisa que só Deus sabia…);
      2- a “cereja do bolo” dos casos de corrupção envolvendo a gangue do Sérgio Cabral é a operação RIO OIL FINANCE TRUST.
      p.s. engraçado que as coisas que só Deus sabe é de conhecimento da grande mídia…

  2. Elaine disse:

    Entendi e senti como chibatadas… o próximo castigo deve ser a câmara de gás. Isso é um verdadeiro holocausto aos idosos, escolhidos intencionalmente e encaminhados deliberadamente por este corrupto criminoso ao extermínio gradativo, à curto prazo..

  3. Marco Antônio disse:

    Bom dia Elaine, graças a deus a situação aqui não é tão extrema como você colocou (acredito que você não tenha noção do fato histórico que descreveu). O problema do Brasil é o brasileiro, povo sem vergonha, violento, mal-educado e egoísta. Você tem dúvidas de que o PMDB reelegerá seus quadros aqui no RJ em 2018?

    • Marco Antônio, não culpe os brasileiros como um todo, pois aí você ignora o peso que as elites jogam nessa equação. Como diria Nelson Rodrigues, vamos evitar essa síndrome de cachorro vira lata.

  4. Marco Antônio disse:

    Professor Marcos por que tampar o sol com a peneira? O senhor sinceramente acredita que haverá mudanças através das eleições de 2018? Em relação a síndrome do cachorro vira lata, eu acreditava que se tratava do sujeito pessimista que sempre coloca as coisas relativas ao Brasil como inferiores aos congêneres estrangeiros, o que eu não fiz em meu comentário. O problema do Brasil é a falta de educação do povo, educação política, social e cultural (me lembrei de um excelente livro intitulado “Brasileiro pocotó” onde tinha uma ilustração na capa que representa perfeitamente o brasileiro, que era um burro com a camisa da seleção canarinho comendo capim que brotava na tela de uma televisão). Não tenho esperança no brasileiro, que a Globo vende como um povo ordeiro, honesto, trabalhador e pacífico (claro que existem muitos que o são, mas são minoria). Por último, considero nossa elite tão “pocotó” como o imbecil que não respeita um simples sinal vermelho. Está aí o arrependimento da elite industrial que apoiou o impeachment da Dilma para comprovar…

    • Marco Antônio, lamento mas acho que sua análise de jogar todos na vala dos culpados é sim uma expressão da síndrome do cachorro vira lata. Em relação às eleições de 2018, onde você leu que eu deposito qualquer fio de esperança nelas? Muito pelo contrário, eu considero que qualquer esperança depositada em qualquer processo eleitoral é despropositada.

  5. Marco Antônio disse:

    Professor Marcos em relação as eleições de 2018 eu não fiz uma afirmação e sim uma pergunta. Quanto a síndrome do cachorro vira lata respeito a opinião do senhor mas continuo discordando. Em tempo: Por que o senhor considera despropositada qualquer esperança no processo eleitoral? Eu também considero em razão da falta de educação e consequentemente de consciência do brasileiro. Passo a palavra ao senhor…

    • Marco Antônio, eu avalio que na atual correlação de forças partidárias, com o predomínio de agendas neoliberais, não há o que esperar do parlamento e do executivo. Em vez de ficarmos alimentando esperanças em processos eleitorais, o que precisamos é trabalhar para aprofundar a organização da classe trabalhadora e da juventude. Do contrário, ficaremos presos na dicotomia PT x os outros e, pior, limitados ao horizonte do pragmatismo de resultados do Lula. E já vimos no que isso desembocou, não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s