Jair Bolsonaro presta continência a John Bolton. O que fará quando encontrar com o chefe dele na Casa Branca?

O jornal “Folha de São Paulo” publicou uma matéria hoje sobre a visita do assessor da Casa Branca, John Bolton, à residência do presidente eleito do Brasil, dando conta que antes da conversa começar, Jair Bolsonaro teria prestado continência à John Bolton [1].

continencia

Como John Bolton é apenas um assessor, dentre muitos, de Donald Trump, eu fico imaginando qual reverência Bolsonaro irá prestar a Donald Trump numa eventual visita à Casa Branca.

Para o pessoal que dizia que a bandeira do Brasil nunca será vermelha, a informação dessa continência implica que sob o governo de Bolsonaro, poderemos ver a nossa bandeira voltar a ser parecida com a bandeira que vigiu entre 15 e 19 de Novembro de 1989 (ver abaixo), apenas se trocando o verde e amarelo pelo vermelho, azul e branco.

Resultado de imagem para bandeiras do Brasil republica

E como conheço um pouco os estadunidenses, Bolton deve ter feito muitas piadas desse gesto ao narrar o encontro para seus superiores.  É que pode se dizer que se quiser dos republicanos, mas eles possuem senso de humor.


[1] https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/11/bolsonaro-se-encontra-com-assessor-de-trump-no-rio.shtml

4 pensamentos sobre “Jair Bolsonaro presta continência a John Bolton. O que fará quando encontrar com o chefe dele na Casa Branca?

  1. JOHN BOLTON é Oficial das FFAA Amigo! A Continência Oficial tem o mesmo sentido de um aperto de mão para nós Civis!

    • Bolton foi membro apenas da Guarda Nacional e fez isso para não participar da loteria do Vietnã como outros americanos ricos fizeram. Mas a pergunta do título da postagem está mantida. O que fará Bolsonaro quando se encontrar com Trump?

      • Francisco Neves disse:

        Cara, você não entendeu? A continência é o mesmo que um bom dia, um boa tarde, um cumprimento, independentemente da condição de quem a recebe. Como se expressou o colega aí no comentário. Cívis não entendem nada de caserna. Na realidade é que a temporada de caça ao Bolsonaro foi declarada com a derrocada de uma esquerda burra, como seus defensores, que não enxergam o retrocesso em que o Brasil foi colocado. Qualquer coisa, como pelo em ovo, vocês irão fazer tempestade em copo d’água. Até para ser oposição tem que haver coerência, coisa que essa esquerda não tem e nem sabe o que é.

      • O Código Militar estabelece que o militar de patente inferior é que presta a continência. Ao bater continência para Bolton, que sequer militar foi, a mensagem do presidente eleito é de submissão aos estadunidenses. Ele precisa entender que agora tem que parar com suas performances e se comportar como o líder de uma nação independente. Só isso já seria um excelente começo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s