Amazônia em chamas, devastadora matéria mostra que o “The Intercept” não é só #VazaJato

deforestation 1Na fronteira da reserva indígena dos Jupaús, a floresta encontra porções de terra ocupadas por gado. Sem a vegetação nativa, a solo superficial da região seca e se esgota rapidamente. A maioria das pastagens é degradada e abandonada dentro de 10 ou 15 anos.  Foto: Gabriel Uchida Fonte: The Intercept

Enquanto causa sensação e gera júbilo e raiva com sua série de reportagens sobre as entranhas da operação “Lava Jato” (agora corretamente rebatizada de #VazaJato), o site “The Intercept”, em colaboração com o Pulitzer Center, acaba de lançar uma devastadora reportagem sobre a guerra promovida pelo governo Bolsonaro contra as florestas da Amazônia e dos povos que vivem em seu interior.

Lançada em português e inglês, a matéria faz uma análise ampla sobre as origens do atual ciclo de devastação e explica com dados irrefutáveis alguns dos meandros que estão determinando o avanço da franja de desmatamento no interior da Amazônia brasileira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas a reportagem assinada por Alexander Zaitchik também auxilia a entender o ódio incontrolável que é mostrado contra os povos indígenas que resistem aos planos de devastação que estão sendo facilitados pelo desmanche das estruturas de governança e pelo desmantelamento dos órgãos de manejo e proteção ambiental sob o governo Bolsonaro. O exemplo dos Apurinãs e dos Uru-Eu-Wau-Wau que são citados como exemplos dessa resistência deverá se repetir em outras partes da Amazônia, pois os povos indígenas sabem que não irão sobreviver sem as florestas de onde tiram sua reprodução social, cultural e econômica.

urueuwauwauMembros da tribo Jupaú, incluindo Arima e seu filho, Awapu, fazendo uma ronda para detectar invasões ou grilagem. A reserva abriga importantes bacias hidrográficas que servem toda a floresta. Fotos: Gabriel Uchida, Fonte: The Intercept.

Como alguém que realiza pesquisas na e sobre a Amazônia desde 1991 creio que a matéria poderia ter abordado de forma mais aprofundada os agentes econômicos e políticos que estão por detrás da nova fase de devastação que está ocorrendo sob o beneplácito do governo Bolsonaro. Entretanto, considero que o conteúdo em geral é ede excelente qualidade e merece ser devidamente lido e difundido. Isto sem falar nas excelentes imagens que oferecem um excelente apoio às informações que a reportagem contém.

E com esta reportagem, o site “The Intercept” reforça a imagem de um veículo de mídia capaz de fazer jornalismo investigativo de alta qualidade. Isto certamente é a pior informação que os membros do governo Bolsnaro vão recolher da reportagem. Aliás, o fato desse material estar sendo publicado simultaneamente em português e inglês apenas reforçará a repercussão.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s