Pesquisador da FVG/SP alerta para os graves prejuízos causados pela militarização do Ministério da Saúde

O jornal El País publicou hoje uma entrevista com o professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP)  e ex-secretário de Saúde de Curitiba, Adriano Massuda, onde ele expõe de forma clara e corajosa os graves danos que estão sendo causados pela ostensiva presença de militares no Ministério da Saúde, a começar pela incapacidade de gastar pelos recursos disponíveis para o combate da pandemia da COVID-19.

adriano massuda

De forma corajosa, Massuda aponta para as graves consequências que podem decorrer da militarização do Ministério da Saúde, as quais poderão, segundo ele,  causar um “estrago”  que poderá além da  duração da pandemia da COVID-19.

Segundo Massuda, a presença ostensiva de militares na direção de cargos chaves dentro do Ministério da Saúde sem que possuam a capacidade técnica necessária para tanto poderá colocar em risco a sobrevivência de programas importantes, incluindo a política nacional do câncer, do HIV, do sangue e hemoderivados, e a das vacinas que dependem da ação do Ministério da Saúde. 

Um aspecto chave apontada por Massuda é o risco de uma ruptura sistêmica na capacidade gerencial do Sistema Único de Saúde (SUS) em uma dimensão que aparece ainda de forma muito subestimada nas notícias que surgem de forma fragmentada na mídia corporativa brasileira acerca dessa presença ostensiva de pessoal não capacitado na direção de secretarias estratégicas dentro do Ministério da Saúde.

O interessante é que até aqui pouco apareceu na mídia corporativa  brasileira sobre processo ostensivo de retirada de técnicos qualificados e da substituição deles por militares sem treinamento médico e até por apoiadores financeiros da campanha presidencial Jair Bolsonaro.

Quem desejar ler a íntegra da entrevista do professor Adriano Massuda, basta clicar Aqui!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s