Sequelas graves da COVID-19, uma crise de oculta que piora o caos na saúde brasileira

sequelas

Uma das formas mais insidiosas de minimizar o impacto da pandemia da COVID-19 é contrapor o score dos casos de pessoas infectadas pelo coronavírus contra os de pessoas “recuperadas” da infecção.  Essa contraposição dá a ideia de que alguém que se livrou da infecção causada pelo coronavírus volta imediatamente para as condições em que se encontrava anteriormente.

Esse tipo de mensagem está longe de ser a realidade de uma proporção significativa dos casos de pessoas de infectadas que acabam com sequelas graves por causa da COVID-19.  Relatos de um número considerável de pessoas dão conta de problemas variados, incluindo problemas permanentes no sistema pulmonar, dificuldades de circulação sanguínea chegando a alterações no funcionamento do sistema nervoso.

A consequência disso é que o sistema brasileiro de saúde ficará sobrecarregado com casos de pessoas que desenvolveram sequelas causadas pelas formas mais graves da COVID-19, e o que é pior, em um contexto de encurtamento do financiamento dos serviços públicos de saúde por causa da aplicação da PEC do Teto de Gastos.

Por isso mesmo é que o afrouxamento das medidas de isolamento social que estão sendo aplicadas não fazem o menor sentido, na medida que isso criará inevitavelmente as condições propícias para mais uma onda (está mais para tsunami) não apenas de novos casos de infecção, mas também de pacientes que desenvolvem sequelas graves quando acometidas pelas formas mais graves da COVID-19.

O fato é que enquanto o Brasil não realizar uma efetiva vacinação em massa, o mais indicado é a manutenção de formas mais estritas de isolamento social, a despeito das pressões que estão sendo feitas no sentido contrário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s