A situação está difícil, mas para quem?

cabral pezão

Volta e meio ouvimos de um membro do (des) governo do Rio de Janeiro ou de algum deputado estadual da sua base que a “situação financeira está muito difícil”.  Essa afirmação ainda é reproduzida em matérias pseudo-jornalísticas que ecoam acriticamente o mantra (des) governista.

Como alguém que acompanha as idas e vindas destes discursos que sempre terminam apontando para uma suposta (e inverídica) culpa desta propalada crise na diminuição dos repasses oriundos da exploração do petróleo.

Mas, afinal, a situação está difícil para quem? A lista dos que tem a sua vida dificultada pela cirse é enorme. Podemos incluir hospitais públicos, escolas da rede estadual, unidades da Faetec, as universidades estaduais, as guarnições do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. E, sim, a maioria da população que depende de serviços públicos de qualidade e se vê desprovida dos mesmos, tendo que conviver com condições terríveis em hospitais e escolas.

Entretanto, para outros a situação não está nem um pouco difícil. Aliás, muito pelo contrário. Certos personagens estão nadando de braçadas na crise, muito em parte graças às generosidades fiscais concedidas pelo (des) governo comandado pelo PMDB. Entre os “sortudos” estão montadoras de automóveis, cervejarias, joalherias de luxo, Organizações Sociais, concessionárias de serviços públicos e, sim, até as empreiteiras envolvidas no escândalo do Petrolão.  E lembremos que toda essa alegria é bancada por isenções fiscais que já beiram os R$ 200 bilhões. 

Assim, meus caros leitores, quando aparecer algum secretário ou deputado estadual com a conversa de que a “situação está difícil”, não se esqueça de que está provavelmente mais para você do que para quem tenta vender esse mantra furado. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s